Sanduíches italianos em Roma

Standard

em RomaDeixando a cozinha de nossa filial em Bruxelas, hoje iniciamos novas postagens do Sal & Alho Viaja. Vamos passear por Roma, seguindo pelo sul da Itália, atravessando o mar Adriático, dando uma volta pela Croácia e Eslovênia e seguindo para o norte até chegarmos a Veneza!

Além de dar uma olhada geral nos cardápios para inspirar novas receitas, irei mostrar aqui no blog o que for vendo de diferente. Em Roma, por exemplo, perto da Piazza de Espanha, encantei-me com uma vitrine de sanduíches. Logo lembrei que temos postado poucas alternativas para lanches e almoços rápido na seção Marmita Business – MB- do blog. Pois hoje saldo a dívida!

Aqui estão diversas opções de sanduíches deliciosos ( provei e amei!) originais, naturais, com poucas calorias e bem fáceis de fazer.

Siga as fotos e as dicas de como fazer os sanduíches:

Sanduíches de atum

Para quem gosta de atum, compre atum ralado em conserva no azeite ou no óleo – em lata e de uma boa marca. Para fazer a pasta de atum, bata no liquidificador atum e ricota – sendo esta última na proporção de 1/3 da quantidade de atum e junte um pouco de água quente – a conta para facilitar de bater. Tempere com sal, limão, pimenta do reino branca e ervas. Acrescente um toque de maionese ( se quiser) e ketchup ( só um pouquinho, se gostar).

Para dar mais sabor, acrescente picles (foto 3). Você tanto pode comprar a conserva como fazê-la em casa. Pique miudinho cenoura aferventada, nabo, pepino, azeitonas preta e verde, pimentão – o que for de seu agrado. Faça uma mistura de azeite e vinagre temperada com sal e pimenta. Coloque tudo em um vidro. Tampe e leve à geladeira por 3 dias. Escorra antes de colocar no sanduíche.

Monte seu sanduíche à gosto, inspirando-se nas fotos!

Sanduíches de muçarela de búfala 

Eu adoro essa muçarela cremosa, me dá água na boca só de olhar. A opção 4 é como se fosse uma salada Caprese no pão, então tempere com azeite e manjericão. Na opção 5, com cogumelos, recomendo aferventá-los antes e temperá-los com um pouquinho de molho de soja. Para a opção 6 veja o preparo do espinafre: lave as folhas e coloque-as em uma panela com um pouquinho de água. Assim que a água ferver, desligue e tampe. Depois de 3 a 5 minutos, escorra bem a água, apertando as folhas com as mãos. Coloque-as sobre uma tábua e bata com uma faca até ficar miudinho. Deite azeite na panela, frite uma pontinha de sal com alho e passe rapidamente o espinafre. Aperte para sair o caldo e coloque-o no sanduíche às colheradas, entremeando a muçarela.

Sanduíche com frios 

Para um sanduíche que sustente por mais tempo, use frios como mortadela, presuntos e embutidos como copa ou salaminho. A opção 7 foi feita com pães feitos à base de  suco de cenoura ( laranja) e com espinafre( verde) e os outros com pão integral com grãos e pão ciabata. Varie também os queijos.

Sanduíches com frutos do mar

Experimente estas três opções que misturam frutos do mar – peixe branco ou kani ou camarão e picles misturado com creamcheese (pode substituir por maionese ou queijo cottage). Use folhas para dar frescura e crocância.

Invente!

Salada Évora

Standard

Quando crio novas saladas gosto de dar a elas nomes de lugares. Esta, por exemplo, tem ingredientes que os portugueses amam: pimentões, ovos, alcaparras e azeitonas pretas.
Então resolvi homenagear esta linda cidade ao sul de Portugal. Se não a conhece, acrescente na sua lista de lugares a visitar, principalmente porque lá se come muito bem.

Esta salada tem detalhes especiais. Primeiro: não gosto de pimentão cru, pois é indigesto – veja a seguir como prepará-lo para saladas. Segundo: ao invés de colocar ovos simplesmente cozidos, tempere-os, preparando um pesto para as claras e um molho com mostarda para as gemas. Quanta diferença faz!

Separe: 2 pimentões, azeite, 3 ovos, 1 colher de café de mostarda, sal, cheiro verde ( salsinha e cebolinha), algum tipo de nozes, pinhole ou castanha, queijo tipo parmesão ralado, alcaparras, azeitonas pretas e folhas de rúcula.

Prepare os pimentões:
Corte um pimentão vermelho e outro amarelo, no sentido do comprimento, em 4 partes. Tire as sementes. Pincele com azeite uma travessa refratária, esfregue os pimentões neste azeite, de um e outro, e leve-os ao forno a 180 graus para assarem – com a pele para cima. Quando a pele estiver enrugada e levemente escurecida nos cantos, retire-os e, ainda quentes, puxe a pele com uma faquinha. Corte-os em tiras finas. Reserve.

Prepare os ovos:
Cozinhe 3 ovos em água quente, tirando um com 5 minutos de fervura da água, para ficar com a gema mole, e os outros dois com 10 minutos, para ficarem duras. Corte os ovos, já frios, ao meio, no maior sentido ( veja foto). Amasse e misture as gemas com um garfo e tempere-as com sal, azeite e mostarda e, se gostar, um pouquinho de pimenta do reino. Pique as claras.

Prepare um pesto cortando miudinho o cheiro verde e macerando com azeite em um pilão até o azeite ficar verde. Junte as nozes picadinhas e o queijo ralado bem fininho. Reserve.

Monte o prato dispondo as folhas de rúcula embaixo e regando-as com um fio de azeite. Por cima, arranje com arte as fatias de pimentão assado, as alcaparras, as azeitonas pretas, as claras temperadas com o pesto e salpique o creme de gemas.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Rocambole colorido

Standard

A consagrada combinação de muçarela, tomate seco e rúcula se faz presente neste vistoso aperitivo, fácil de fazer e de bom rendimento. O toque especial é dado pelo creme hollandaise, perfeito para realçar o sabor e dar um toque de cor e brilho.

Procure nas boas lojas de alimentação, tipo delikatessen, o queijo muçarela vendido em manta. Separe 2 mantas para esta receita. Escolha 2 molhos de rúcula com as folhas bem bonitas. Compre 200 gr. de tomate seco. Para o molho irá precisar de manteiga, 2 gemas de ovos e 1 limão siciliano. Estas quantidades são para 2 rolos.

Comece pelo creme hollandaise. Esta é uma maneira adaptada do original, mais fácil e prática de fazer. Derreta 2 colheres de sopa de manteiga no microondas. Reserve. Junte em uma travessinha: 2 gemas de ovos (sem a pele), 1 colher de chá de suco de limão siciliano e 2 colheres de sopa de água, mais sal e pimenta a gosto. Bata com o batedor de ovos, fazendo um 8. Leve esta mistura ao fogo baixo, continuando a mexer, da mesma forma, por 2 minutos. Tire a panela do fogo. Misture a manteiga bem aos pouquinhos, sem parar de mexer, até ficar bem cremoso.

Fica bem mais fácil trabalhar com os tomates secos para recheio se você picá-los e levá-los ao fogo médio com um pouco de água, a fim de formar uma pasta.

Lave os molhos de rúcula e retire as folhinhas. Reserve.

Abra a manta de queijo. Espalhe a pasta de tomate seco. Distribua as folhinhas de rúcula de maneira contínua e uniforme. Regue com o molho hollandaise. Agora enrole bem apertado e passe um barbante em volta do rolo, apertando para tomar a forma circular. Leve à geladeira de véspera. Um pouco antes de servir, retire o barbante e corte em fatias de 1 cm. de espessura. Conserve em geladeira até a hora de servir.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Salada de palmito, presunto e rúcula – 19

Standard

Salada 19

Palmito, presunto e rúcula

Quantidade de calorias por porção (1 pessoa): 66

Quantidade de gramas desta salada: 140

O palmito é um alimento com baixas calorias e rico em potássio, substância que ajuda a controlar a pressão arterial, além de auxiliar contra a retenção de líquidos. Porém, como é conservado em salmoura, passa a ser uma fonte de sódio, sendo contra indicado para os hipertensos. Para diminuir esta concentração, sugere-se a fervura do palmito por 15 minutos. Também é fonte de cálcio, importante para a saúde óssea.

Ingredientes Quantidade Corte Gramas Calorias
Palmito 3 metades de talo Fatiado 80 16
Blanquet de peru 4 fatias Em tiras 50 48
Rúcula 8 folhas 10 2

 

Lave (ou afervente) o palmito e corte em rodelas finas.

Corte o blanquet de peru em tiras finas (na salada da foto usamos presunto, um pouco mais calórico).

Lave as folhas da rúcula.

Nossa consultora: nutricionista Letícia Menicucci

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Salada de rúcula com manga – 8

Standard

Salada 8 

Salada de rúcula com manga

Quantidade de calorias por porção (1 pessoa): 71 (com o molho)

 

Quantidade de gramas desta salada: 118 (com o molho)

A manga, quando madura, é riquíssima em vitamina A, que nos protege contra infecções e degeneração na visão, como a cegueira noturna. Possui também vitaminas C e E que exercem ação antioxidante, sendo também favorável ao bom funcionamento do nosso sistema de defesa contra as infecções. Porém, a grande quantidade de açúcar que a fruta possui a caracteriza como um alimento que se deve consumir com moderação, para não ingerir quantidades excessivas de açúcar.

Ingredientes Quantidade Corte Gramas Calorias
Manga ½ banda Lascas 100 51
Rúcula 5 folhas Sem os cabinhos 8 1
Iogurte 1 colher de café 4 2
Vinagre 1 colher de café 2
Azeite 1 colher de café 2 17
Cheiro verde 1 colher de café
Limão Raspas

Quando for cortar uma manga em lascas ou cubos, coloque-a com antecedência na geladeira. Estando mais firme, facilita o corte; na temperatura natural ela irá se desfazer. Corte a metade de um lado do caroço, deve dar uma lasca de 100 gr. Descasque e corte-a em lascas menores. Escolha 5 folhas de rúcula e retire os cabinhos. Arranje a rúcula e a manga no prato. Para o molho, junte iogurte, azeite, vinagre, salsinha e cebolinha (se tiver hortelã ou manjericão, melhor ainda) e gotas de limão, nas quantidades indicadas na tabela. Misture tudo.

 Nossa consultora: nutricionista Letícia Menicucci

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Salada de rabanete, morango e agrião – 4

Standard

Salada 4 – Rabanete, morango e agrião

Quantidade de calorias por porção (1 pessoa):30

Quantidade de gramas desta salada: 131

Os benefícios do consumo do rabanete passam pela sua propriedade calmante e diurética, auxiliando na purificação do sangue, da bexiga e dos rins . Alivia as infecções do trato urinário, pois fornecem fluidos especiais que ajudam a lavar o sistema urinário.

É um vegetal com propriedades  antibacterianas e antifúngicas. Contêm cerca de 95% de água em proporção ao seu peso, sendo, por isso, uma excelente fonte de hidratação.

Ingredientes Quantidade Corte Gramas Calorias
Rabanete 3 unidades Rodelas 45 6
Morango 4 unidades Metades 74 22
Agrião 6 folhas Sem cabinho 12 2

Obs: são consideradas sempre unidades de tamanho médio

Escolha 6 folhas de agrião. Tire as folhinhas dos morangos e corte-os em metades. Corte os rabanetes em fatias. Entremeie os ingredientes e sirva esta refrescante salada acompanhada da salada de folhas de sua preferência.

Molho: experimente esmagar um morango, adicionar 1 colher de café de aceto balsâmico e salpicar gergelim preto. Só mais 6 calorias!

Nossa consultora: nutricionista Letícia Menicucci

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Salada de tomate, pepino, cenoura e rúcula – 19 calorias! – 1

Standard

Salada 1

Tomate maçã, pepino, cenoura e rúcula

Quantidade de calorias por porção (1 pessoa): 19

Quantidade de gramas desta salada: 120

O tomate é um alimento muito rico em licopeno, substância que dá a cor vermelha ao alimento. Excelente antioxidante, auxilia a manter-nos jovens, pois atua protegendo o nosso organismo contra os radicais livres. Previne o câncer de próstata. Ao contrário da maioria dos micronutrientes, o licopeno se torna mais biodisponível depois de aquecido, não perdendo suas propriedades. Portanto, o tomate não perde suas propriedades quando vai ao fogo. O tomate também é rico em fólico, potássio e cálcio.

 

Ingredientes Quantidade* Corte Gramas Calorias
Tomate maçã ½ Fatiado rodela 65 10
Pepino 1 xícara chá rasa Ralado 30 3
Cenoura 1 xícara chá rasa Ralada 17 5
Rúcula 5 folhas Inteiras sem cabinho 8 1

* Obs: são considerados alimentos de tamanho médio. Veja foto abaixo como referência.

Raspe a pele de 1 cenoura média e rale a quarta parte – deve dar uma xícara de chá mal cheia (sem apertar). Rale a sexta parte de um pepino com a casca, de forma a obter a mesma quantidade. Corte a metade de um tomate maçã em rodelas finas. Escolha 5 folhas de rúcula. Monte a salada como na foto.

Se você acrescentar apenas 1 colher de café de azeite de oliva como tempero, vai somar mais 17 calorias. Se preferir aceto balsâmico, este não tem calorias! Evite sal na salada.

 

Nossa consultora: nutricionista Letícia Menicucci

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.