Cogumelos com tofu

Standard

Tofu é um alimento recomendado para quem tem intolerância ao leite e, consequentemente, aos queijos. Mas é tão sem graça… O jeito é criar receitas misturando-o a outros ingredientes que combinem. E cogumelo combina muito, ainda mais se juntar tomate seco. Ficou uma delícia para servir como entrada.

Cogumelos recheados com tofu e tomate seco

Compre cogumelos grandes, um pedaço de tofu e tomates secos em conserva de azeite.

Tempere o tofu com sal, pimenta, ervas e pedacinhos de pimentão vermelho ( ou amarelo) assado no azeite com ervas (opcional).

Corte os tomates secos em fatias finas bem pequenas. Misture ao tofu temperado, fazendo uma pasta.

Limpe os cogumelos e retire o talo (que é duro). Salteie-os em uma frigideira antiaderente, com um pouquinho de azeite e molho de soja misturados.

Recheie os cogumelos com a pasta de tofu e leve ao forno por 5 a 10 minutos, em uma assadeira untada com azeite.

Sirva quente, acompanhado de pão.

 

Desfiado de lombo com frutas secas

Standard

Sabe quando sobra aquele lombo de porco ( clique aqui para ver a receita) que você fez na panela com todo o carinho? Pois não vá desprezá-lo e deixá-lo largado no fundo da geladeira. Transforme-o em um tira-gosto para comer com pão de queijo ou pão árabe delicioso! Uma dica importante: não jogue fora aquele caldo com borra que sobrou do cozimento da carne no fundo da panela. É com ele que você vai começar esta receita.

Desfiado de lombo com maçãs, ameixas e passas

Desfie a carne de lombo de porco. Pique ameixas secas e separe passas brancas e pretas, em uma proporção que, juntas, não passem de 1/5 da quantidade de carne. Prepare a receita de maçãs caramelizadas, na proporção, pronta, de 1/3 da quantidade de lombo.

DSCN3101

Veja como está a borra da carne: primeiro, enquanto fria, retire o excesso de gordura. Leve-a ao fogo, pingue água quente e raspe o fundo da panela para formar um caldo espesso. Retire as folhas de louro, pedacinhos de alho e cebola, se houverem, de modo a deixar o caldo limpo. Se precisar, coe. Assim que o caldo ferver, junte o lombo desfiado. Misture bem para incorporar todo o caldo. Retire da panela e deixe esfriar.

Coloque as passas para macerarem em um pouco de vinho. Depois que incharem, escorra o excesso de bebida e junte-as ao lombo com os pedacinhos de ameixa preta. Pode colocar também damasco picadinho. Ao final, quando for servir, junte as maçãs caramelizadas e misture-as com cuidado.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

 

Aperitivo de linguicinha com cidra

Standard

A comida de bar ou, como se diz em Minas, a comida de buteco, prima por ser aquele aperitivo ideal para petiscar enquanto se toma uma bebida gelada, como uma cerveja artesanal mineira, uma caipirinha caprichada ou até mesmo um whisky. Pois este aperitivo, ligeiramente adocicado,  vai perfeitamente bem com qualquer destas bebidas. Se seus amigos chegarem na sua casa de repente e cada um pedir uma bebida diferente, nem pense duas vezes, dê uma fugidinha ali na cozinha, prepare a linguicinha com cidra e surpreenda a todos com este tira-gosto delicioso. 

Para não ser pego de surpresa, tenha sempre em casa um pacote de 500 gr. de linguicinha e uma garrafa de cidra.

Tome uma panela e deite ao fundo um fio de óleo. Deixe esquentar e passe rapidamente a linguiça, em bolinhas ou cortada em tronquinhos de 1,5 cm. de largura. Acrescente a cidra e espere que o álcool evapore. Abaixe o fogo. Mexa de vez em quando e espere até que a calda seque. Está pronto! Sirva acompanhada de torradinhas amanteigadas.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Chutney de beterraba

Standard

Quando estivemos na vinícola Vrede en Lust, na região norte de Capetown, na África do Sul, nos foi servido um delicioso aperitivo de beterraba semelhante a um chutney. Este tipo de preparação, proveniente da Índia, usa legumes ou frutas cozidos no açúcar (branco ou mascavo) e temperados para que se tornem uma conserva. Normalmente usa-se para temperar: sal, alho, cebola, vinagre, mel, gengibre, canela e ervas aromáticas. Como gostamos muito e achamos bem diferente, resolvemos reproduzir em casa. Reunimos o comitê oficial, ou seja, a mãe blogueira e as duas filhas e nos aventuramos na recriação da receita tendo, como orientação, nossa lembrança do visual e do paladar. Pois deu muito certo e vamos repetir sempre! É fácil de preparar e muito original para você oferecer aos seus convidados como aperitivo antes de um jantar.

Chutney de beterraba

Escolha uma beterraba bem firme e brilhante. Selecionamos para temperar: aceto balsâmico, vinagre de vinho tinto, mel, canela e gengibre fresco. Preferimos usar o açúcar branco (cristal)  ao invés do mascavo porque achamos que este último certamente escureceria a bela cor natural da beterraba.

Rale ou processe a beterraba para ficar como na foto. Coloque meio litro de água para esquentar. Tome uma frigideira e deite 2 colheres de sopa cheias de açúcar cristal. Mexa com uma colher de pau. Quando estiver da cor de mel, acrescente a água quente. Coloque a beterraba ralada para cozinhar até que a água quase seque. Mexa de vez em quando para cozinhar por igual.

Rale um pedacinho de gengibre de modo a dar 1 colher de sobremesa e acrescente à beterraba. Misture e coloque os temperos nesta ordem: 1 colher de sopa de aceto balsâmico, a mesma quantidade de vinagre de vinho tinto e a mesma quantidade de mel e ainda 1 colherinha de café rasa de sal.  Coloque um pauzinho de canela ou 1 pontinha de colher de café de canela em pó.  Misture bem prove se está do seu gosto. Deixe secar completamente, mexendo com a colher de pau até adquirir consistência de geleia. Sirva frio.

Para acompanhar, a filha blogueira fez um pão simplesmente fantástico!

Veja o que nos foi servido na vinícola:

IMG_4490

 

Observe que há também um chutney de manga. Para fazê-lo, proceda da mesma maneira, usando a manga madura cortada em cubos pequenos, cozinhando-a na calda de açúcar mascavo e temperando a gosto. Sofisticado e delicioso, não é? Para acompanhar, nos foi servido um excelente vinho Sauvignon Blanc da Vrede en Lust. Inesquecível!

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Aperitivos light – fácil e rápido

Standard

Depois da comelança do Natal, você resolveu convidar alguns amigos para um aperitivo de fim de tarde. Todo mundo de consciência pesada! E este calor? Fazer o quê? Ora, vamos comemorar o final de ano com uma bebida gelada e alguns tira-gostos bem lights. Veja aqui algumas ideias:

Espetinho de tomate e beringela

Corte tomatinhos cereja ao meio ou tomate italiano em rodelas grossas e depois, cada rodela em quatro partes. Pique a beringela, com a casca, em cubos do mesmo tamanho. Tome um palito e entremeie estes ingredientes. Leve ao forno fraco por 10 a 15 minutos com um fio de azeite. Coloque em um pratinho, salpique sal a gosto e enfeite com folhinhas de manjericão. Sirva frio.

Enroladinho de abobrinha com cream cheese

Corte a abobrinha em lâminas, no sentido do comprimento. Pode usar um daqueles fatiadores de queijo. Passe-as rapidamente em uma frigideira com um pingo de azeite para grelhar. Deixe esfriarem. Se o creme estiver muito mole, encorpe-o acrescentando um pouco de queijo gorgonzola ou minas amassado. Tempere o creme com ervas. Coloque uma colherzinha do creme de queijo dentro de cada fatia de abobrinha já grelhada e enrole. Coloque um palito para fechar e amarre com um talinho de cebolinha verde. Leve à geladeira para endurecer antes de servir.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Rocambole colorido

Standard

A consagrada combinação de muçarela, tomate seco e rúcula se faz presente neste vistoso aperitivo, fácil de fazer e de bom rendimento. O toque especial é dado pelo creme hollandaise, perfeito para realçar o sabor e dar um toque de cor e brilho.

Procure nas boas lojas de alimentação, tipo delikatessen, o queijo muçarela vendido em manta. Separe 2 mantas para esta receita. Escolha 2 molhos de rúcula com as folhas bem bonitas. Compre 200 gr. de tomate seco. Para o molho irá precisar de manteiga, 2 gemas de ovos e 1 limão siciliano. Estas quantidades são para 2 rolos.

Comece pelo creme hollandaise. Esta é uma maneira adaptada do original, mais fácil e prática de fazer. Derreta 2 colheres de sopa de manteiga no microondas. Reserve. Junte em uma travessinha: 2 gemas de ovos (sem a pele), 1 colher de chá de suco de limão siciliano e 2 colheres de sopa de água, mais sal e pimenta a gosto. Bata com o batedor de ovos, fazendo um 8. Leve esta mistura ao fogo baixo, continuando a mexer, da mesma forma, por 2 minutos. Tire a panela do fogo. Misture a manteiga bem aos pouquinhos, sem parar de mexer, até ficar bem cremoso.

Fica bem mais fácil trabalhar com os tomates secos para recheio se você picá-los e levá-los ao fogo médio com um pouco de água, a fim de formar uma pasta.

Lave os molhos de rúcula e retire as folhinhas. Reserve.

Abra a manta de queijo. Espalhe a pasta de tomate seco. Distribua as folhinhas de rúcula de maneira contínua e uniforme. Regue com o molho hollandaise. Agora enrole bem apertado e passe um barbante em volta do rolo, apertando para tomar a forma circular. Leve à geladeira de véspera. Um pouco antes de servir, retire o barbante e corte em fatias de 1 cm. de espessura. Conserve em geladeira até a hora de servir.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Linguicinha ao vinho

Standard

Este é um aperitivo delicioso, bom para acompanhar vinho. É bem fácil de fazer.

Compre a linguicinha especial para aperitivo. Lave e fure cada uma fazendo um pequeno corte com uma faquinha. Coloque-as no micro-ondas para assar por 5 minutos ( atenção: se você não furar a linguiça ela estoura!)

Veja como fazer o molho: misture 1 xícara de café de aceto balsâmico com a mesma quantidade de vinho tinto. Leve ao fogo baixo em uma panelinha. Deixe evaporar o álcool e então misture 1 colher de sobremesa de maisena, previamente diluída em um pouco de água. Cozinhe em fogo baixo por uns 2 minutos e junte a linguiça, cozinhando por mais 5 minutos. Sirva imediatamente, pois à medida que esfria o caldo pode engrossar.

Acompanhe com pão francês ou baguette, natural ou ligeiramente torrado.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.