Salada Beverly Hills

Standard

Esta semana, nosso blog Sal & Alho foi convidado para uma degustação fantástica de sorvetes na Alessa Gelato & Caffè. Literalmente, um delicioso fim de tarde de verão com as amigas. Saímos de lá com a ideia de fazer algumas saladas que combinassem com sorvetes.

Para uma nova salada inventada, propomos um nome inventado. Melão, uvas, framboesa…lembram…a ensolarada Califórnia com seus pomares maravilhosos de perder de vista!

Vamos à escolha de folhas verde escuras, de sabor ligeiramente amargo: rúcula, agrião e espinafre. Para contrastar, frutas adocicadas que tem sabor intenso no verão: melão e uva rubi. Algo diferente, que dê sabor e corpo à salada: presunto de parma ou presunto tipo Sadia. Um toque crocante com amêndoas torradas e, fazendo as vezes de molho…surpresa!

Lave e corte os cabinhos das folhas. Disponha no fundo do prato.  Presunto: se for o parma, rasgue em tiras; se for presunto comum, corte em tirinhas finas e compridas. Pique o melão em cubos. Corte as uvas ao meio e retire os caroços. Distribua tudo sobre as folhas. Na frigideira aquecida, dê uma torradinha ligeira nas amêndoas (que já comprou em lascas). Salpique sobre a salada. Agora o toque final: sirva com aquele sorvete de framboesa cremoso, perfumado e delicioso que só a Alessa tem!

Sirva esta salada na varanda, no fim da tarde, acompanhada de um vinho branco frutado californiano – um Chardonnay. Um jazz suave ao fundo e…sucesso garantido!

Quer esta receita impressa? Clique aqui e baixe o PDF para imprimí-lo.

Salada niçoise

Standard

Existem saladas em que os ingredientes combinam tanto e são tão gostosas e simples de fazer que passam de uma geração à outra e rodam o mundo. Com estas andanças é claro que sofrem variações, muitas vezes adaptações aos ingredientes locais ou ao gosto de cada um. Sou a favor de dar o nome de origem quando o prato conserva a maior parte dos ingredientes originais. Porém, tem gente que inventa tanto que vira outro prato e, pior, escreve o nome com grafia errada. Já vi muito em cardápios de restaurantes, o que, sinceramente, me deixa irritada. Quer inventar? Acho fantástico, mas invente um nome também! Um bom exemplo do que estamos falando é a

Salada Niçoise ( pronuncia-se nissôáze)

Os ingredientes tradicionais são: batata, ovo cozido, tomate, vagem e anchova. Há receitas com cebola, azeitona e alface. Molho à base de azeite, limão, mostarda. Já está de bom tamanho, não acha?

Em Minas, por exemplo, é difícil e caro encontrar anchovas, então substituímos por atum, que pode ser aquele de lata mesmo. Prefiro não colocar azeitonas, por terem um sabor forte que “mata” os demais. Para quem não gosta de cebola crua, pode deixá-la de fora.

Salada para 2 pessoas: 1 batata, 6 vagens, 1 ovo, 1 tomate comum ou 6 tomatinhos cereja, ½ lata de atum. Cozinhe a batata (se for na pressão, conte 10 minutos depois que a panela apitar). Coloque a vagem e o ovo em um caneco com água e ferva por 10 minutos. Despele e corte a batata, depois de fria, em fatias grossas e depois em quatro. Salpique sal. Corte as pontinhas das vagens e corte-as em três. Corte o ovo cozido e já frio e descascado em quatro partes. Corte os tomates em quatro ( ou em oito) e tire as sementes. Forre o prato com folhas de alface picadas. Distribua a batata, a vagem, o tomate e o ovo, nesta ordem. Escorra o atum e entremeie. Agora, falta regar com o

Molho

Comece preparando, à parte, um molho básico de salada: 1 colher de azeite, a mesma quantidade de vinagre de vinho branco ou de maçã, alguma erva picadinha. Pense: o que combina? Pode ser cebolinha verde, salsinha ou coentro; sempre frescas e picadinhas bem miúdo. Mostarda combina com batata, não é? Então coloque uma colherzinha de café de mostarda amarela ou tipo Dijon. Gosta muito de pimenta? Uma leve poeira de pimenta do reino. Uma pitada de sal, gotas de limão, misture bem e está pronto! Regue a salada ou sirva o molho à parte.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.