Salada de palmito, presunto e rúcula – 19

Standard

Salada 19

Palmito, presunto e rúcula

Quantidade de calorias por porção (1 pessoa): 66

Quantidade de gramas desta salada: 140

O palmito é um alimento com baixas calorias e rico em potássio, substância que ajuda a controlar a pressão arterial, além de auxiliar contra a retenção de líquidos. Porém, como é conservado em salmoura, passa a ser uma fonte de sódio, sendo contra indicado para os hipertensos. Para diminuir esta concentração, sugere-se a fervura do palmito por 15 minutos. Também é fonte de cálcio, importante para a saúde óssea.

Ingredientes Quantidade Corte Gramas Calorias
Palmito 3 metades de talo Fatiado 80 16
Blanquet de peru 4 fatias Em tiras 50 48
Rúcula 8 folhas 10 2

 

Lave (ou afervente) o palmito e corte em rodelas finas.

Corte o blanquet de peru em tiras finas (na salada da foto usamos presunto, um pouco mais calórico).

Lave as folhas da rúcula.

Nossa consultora: nutricionista Letícia Menicucci

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Salada de bócolis, palmito, manga e kani – 2

Standard

Salada 2

Brócolis, palmito, manga e kani com molho de iogurte e manga

Quantidade de calorias por porção (1 pessoa): 140

Quantidade de gramas desta salada: 278 + molho

O brócolis é considerado um super alimento, pois é uma excelente fonte de vitamina C, vitamina A e minerais como cálcio, selênio, potássio e ferro. Por essa riqueza de micronutrientes tem propriedades que auxiliam contra a baixa imunidade, as infecções, doenças cardiovasculares e anemias. Com alto teor de fibras, regula o trânsito intestinal.

Ingredientes Quantidade Corte Gramas Calorias
Brócolis 1 buquê Separar os buquês 30 8
Palmito 2 talos Fatias de 1 cm. 100 8
Manga ½ banda Lascas médias 100 51
Kani 3 unidades Cortar em 4 partes 48 47
Iogurte 1 colher de sobremesa 9 4
Suco de manga 1 colher de sopa 10 5
Azeite 1 colher de café 2 17
Vinagre 1 colher de café 2
Cebolinha 1 talo picadinha 5
Limão raspas 1

 

Retire do molho de brócolis uma porção equivalente ao tamanho da palma de sua mão. Coloque a porção em uma peneira de metal sobre um caneco com água para ferver, de modo que o brócolis cozinhe no vapor até ficar “ao dente”, pois assim não perderá seus nutrientes. Depois de cozido, separe os buquês, deve dar o equivalente a uma xícara de chá mal cheia. Corte os talos do palmito em fatias de 1 cm. de largura.

Ponha a manga na geladeira com antecedência para conseguir cortá-la sem despedaçar. Corte uma banda da manga, do caroço para fora, ainda com a casca. Tire a casca e corte em lascas. Corte cada pedaço de kani em 3 ou 4 partes. Disponha tudo intercalado em um prato, como na foto.

Molho: esprema uma parte da manga para obter uma colher de sopa de suco. Junte 1 colher de sobremesa de iogurte, 1 colher de café de azeite, a mesma quantidade de vinagre, cebolinha picada bem miudinha e raspas de limão. Misture tudo e sirva o molho à parte.

Acompanhe com salada de alface.

Nossa consultora: nutricionista Letícia Menicucci

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Creme de palmito

Standard

Esta é a sopinha perfeita para quando você chega em casa à noite com fome, quer comer algo leve e que não leve mais de 10 minutos para ser feito.

 Creme de palmito

Tire do vidro de conserva 2 talos de palmito.Pique 1/2 cebola pequena. Em uma frigideira, frite uma pontinha de sal com alho batido e a cebola em 1 colher de café de manteiga ou azeite. Junte 1/2 xícara (de café) de leite* e misture. Bata no liquidificador com 1/2 xícara de café de água. Volte para uma panelinha limpa. Para aproveitar o resto que ficou no liquidificador coloque mais 1/2 xícara de água, Dê uma rodada e junte ao creme da panela. Misture, salpique noz moscada, pimenta do treino branca e sal. Misture 1/2 xícara (de café) de creme de leite*, mexa e prove o tempero. Na hora de servir, decore com cenoura cozida picadinha e um ramo de salsinha. Dá para 1 pessoa.

* para quem tem intolerância à lactose, use azeite, leite e creme de leite zero lactose.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Sal & Alho Viaja! Argentina

Standard

Em Foz do Iguaçu temos a tríplice fronteira Brasil/ Paraguai/ Argentina. Com já havíamos visitado o lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu no dia 27/03, visitamos no dia seguinte a usina Itaipú Binacional ( Brasil / Paraguai) e no dia 29 fomos para o lado argentino ver a impressionante força das águas na famosa e belíssima Garganta do Diabo. Na volta, entramos na chamada “selva” argentina, que na verdade é uma mata, para conhecer um spa hotel maravilhoso em estilo japonês – o Lou Suites. O local é maravilhoso! Um buffet farto e bem decorado esperava por nós! O forte do buffet deste hotel são as saladas e, por coincidência, lá estavam as tradicionais Salada Caesar e a Salada Niçoise, que já saíram no blog. A salada mexicana era parecida com a nossa, mas sem as pimentas e os nachos. Na salada de batatas, trocaram o salaminho por linguiça e não colocaram mostarda no molho.Agora veja o que mais gostamos:

Legumes grelhados – olha que bonita a disposição no prato!

Veja como armaram esta Tábua de frios. Copie!

Agora experimente em sua casa alguns pratos com as receitas tal qual fazemos:

Faço uma salada bem parecida com esta primeira, que batizei de Salada Oriental. Misturo: tomatinho cereja cortado ao meio, broto de feijão e cogumelos-de-paris frescos fatiados. Tempero com azeite, molho de soja e gergelim, um tico de sal e outro de açúcar.

Palmito com crosta de queijo. Experimente fazê-lo: primeiro passe o palmito cortado em claras batidas, em seguida passe rapidamente na farinha de trigo e depois no queijo ralado. Leve ao forno já quente só para dar uma tostada rápida.

Achei este Tomate recheado, que fazia há muito tempo. Prepare a pasta do recheio com atum de lata desmanchado, arroz pronto, cebola branca picada bem miudo, salsinha e cebolinha picadinha. Misture creme de leite (como no buffet) ou então ricota, requeijão de copo ou cheese cream (mais gostoso). Tempere com sal e gotas de limão. Corte a tampa dos tomates, retire a polpa, recheie e enfeite com folhinha de manjericão. 

Agora veja bem a vista do restaurante para uma das piscinas! Quando estiver afim de sumir do mundo e ir para um lugar relaxante e lindo, vai pra lá!

2010-01-01 00.00.00-107

 

 

 

 

 

Salada com frango

Standard

Deu fome e não tinha nada preparado para o jantar. Um calor danado, vontade de comer algo frio. Fomos verificar o que tinha na geladeira. Achamos alguns ingredientes que não faltam pois podem ser conservados por algum tempo: tomate seco, muçarela de búfala e palmito. Um restinho de folhas verdes variadas; uma erva fresca, no caso, hortelã.  Mais uns pedaços de  frango frito ( poderia ser assado) que havia sobrado do almoço.

Obs.: como ainda não publicamos a receita de frango frito, considere a receita do frango básico, com a diferença de que, no final, você deixa o caldo secar, coloca mais um pouquinho de óleo e frita o frango, remexendo sempre para não agarrar na panela. Como o ingrediente de base será o frango, vai chamar

 Salada de frango tricolor

Corte os pedaços de frango em lascas, o tomate seco em tiras, o palmito em fatias de 1 cm. e a muçarela ao meio ou em quatro. Prepare um molho:  pique as folhas de hortelã bem miudinho, rale fino um tiquinho de queijo pecorino ( que pode ter como recurso na geladeira pois se conserva por muito tempo) e misture azeite e vinagre branco. Coloque tudo junto em uma tigela e balance até que esteja bem misturado. Em um prato, faça uma coroa de folhas verdes e coloque a salada no meio. Não é que ficou deliciosa?

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Salada Tropical – verde e amarelo na mesa

Standard

Que tal uma salada bem brasileira, verde e amarela? Um belo dia, recebendo amigos  que moram na Europa, resolvi fazer um almoço temático – tudo com as cores da nossa bandeira. Misturei manga com palmito e brócoli, fiz um molho de manga e iogurte e servi em um prato azul ( tenho horror de qualquer comida ou bebida azul, você tem?). Todo mundo amou e incorporei a salada ao nosso cardápio de verão.  Na opção de hoje, acrescentei camarões flambados ( veja Dica – Flambagem)

Para esta salada vai precisar de manga, palmito e brócoli. Para o molho: manga, casca de limão, iogurte, azeite, vinagre de vinho branco, cebolinha verde e coentro ou hortelã.

Lave o brócoli, separe os buquês, deixe que amaciem em banho maria, para que conservem o verde vivo. Enquanto isto, corte os talos de palmito em fatias de 2 cm. Descasque e corte a manga em cubos (corte as lascas de comprido, sempre paralelo ao caroço depois recorte cada lasca, porém se a manga estiver muito madura, pode espedaçar). Aproveite o suco e os pedaços menores para o molho. Escorra o brócoli e disponha os ingredientes entremeados na saladeira, já adornada com alface.

Molho: misture ½ iogurte natural consistente com 2 colheres de sopa de suco de manga, 1 colher de chá de vinagre de vinho branco, a mesma quantidade de azeite. Acrescente 1 colher dos temperos verdes, casca de ½ limão ralada e uma pitada de sal e outra de açúcar. O molho é servido à parte.

Lembre-se desta salada na Copa para comemorar as vitórias do Brasil!

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.