Cardápio da 4a. semana

Standard

Cardápio da 4a. semana

Aqui estão novas sugestões para o seu 4o. cardápio do mês com receitas que já postamos no blog. Publicamos em 3 de janeiro o cardápio da 1a. semana, em 10 de março o cardápio da 2a. semana e em 21 de março o cardápio da 3a. semana. Se você almoça e janta em casa todos os dias já tem receitas, sem repetir, para um mês inteiro! Se só faz uma refeição, poderá preparar receitas diferentes durante dois meses!

Para completar o seu cardápio, escolha alguma salada – entre as mais de vinte que já postamos – para anteceder os pratos principais. Há também petiscos, sopas e cremes e ainda sobremesas no blog para você.

 

Segunda-feira

Almoço: Peito de frango ao molho de cogumelos e lentilhas ao pesto

Jantar: Panqueca de carne

 

Terça-feira

Almoço: Tiras de lombo flambadas na cachaça, arroz e feijão tropeiro

Jantar: Polenta com frango ao molho de vinho

 

Quarta-feira

Almoço: Filé de surubim ao molho de camarão e arroz

Jantar: Tagliatelli ao molho branco

 

Quinta-feira

Almoço: Bife à parmegiana

Jantar: Frango assado com mostarda e mel, creme de espinafre

 

Sexta-feira

Almoço: Kenga

Jantar: Goulash

 

Fim-de-semana

Bobó de camarão com arroz

Risotto de pato

Clique aqui para baixar o PDF, imprimir todas estas receitas e montar o seu álbum personalizado*. Presente para você: uma lista de compras da semana, para 2 pessoas, acompanha este cardápio. Clique aqui para imprimí-la. Escolha o que vai cozinhar e para quantas pessoas e personalize-a!

* Se quiser uma capa especial, temos uma capa dura personalizada do Sal&Alho para você montar um álbum tipo fichário com folhas plásticas para colocar suas receitas prediletas, ou todas elas ( já são mais de160!!!) . Entre em contato conosco pelo salcomalho@gmail.com. Podemos enviar-lhe o arquivo e o endereço de onde mandar confeccioná-la.

DIA DAS MÃES

Este álbum SAL&ALHO, com todas as receitas ou as suas prediletas impressas,  é uma excelente sugestão de presente:

1- Se a sua mãe faz parte da geração “sempre detestei cozinhar e não sei nem fritar ovo” ( gente entre 40 e 70 anos), só que agora está pensando em encarar um fogão porque mandou a empregada embora, diga a ela que cozinhar pode tornar o dia-a-dia ou, pelo menos, o fim de semana, divertido e delicioso para a família toda.  É muito fácil seguir as nossas receitas. Muita gente que nunca passou perto de um fogão agora está adorando cozinhar!

2- Se a sua mãe curte cozinhar ( há exceções honrosas na nossa geração), vai adorar colecionar as receitas Sal&Alho! Ela vai gostar de ler as historinhas que precedem as receitas, irá se lembrar de receitas antigas que já tinha esquecido e melhor de tudo – vai empolgar e fazer comidinhas gostosas para a família toda! Peça a ela para mandar suas receitas de família e suas dicas para nós pelo email salcomalho@gmail.com. Vamos adorar publicar novas receitas ( com ou sem o nome da autora, à escolha)

fichariosalcomalho

 

 

Ravioli ao creme de aspargos com camarões

Standard

Dizem os entendidos que o fundamental da boa culinária é o uso de ingredientes de boa qualidade. Acrescento que precisam ser bem combinados. Quando acertamos em alguma combinação, a gente nem acredita que antes estes ingredientes andaram por aí, perdidos um dos outros. É o caso que conto a seguir, de um pacote de massa fresca, no caso um ravioli de muçarela, um maço de aspargos e alguns camarões que um dia se encontraram, por mero acaso, na mesma prateleira da nossa geladeira.

Ravioli de muçarela, molho de aspargos verdes e camarões flambados

Compre uma bandeja de ravioli recheado com muçarela comum ou de búfala. Já vem pré-cozido e se tiver umas 20 peças, dá para 4 pessoas. Faça o molho branco com aspargos. Siga a receita do molho branco, porém, este molho vai virar um molho de aspargos: afervente de 2 a 3 aspargos por pessoa (não deixe que amoleçam) e depois bata no liquidificador a metade deles, justo a metade de baixo de cada haste. Junte o caldo de aspargos ao molho branco, misture e deixe ferver. Agora junte a outra metade dos aspargos, cortados em tronquinhos de 3 a 3 cme deixe ferver mais um pouco, se precisar, raleie o molho com leite. Acrescente creme de leite, cerca de 1/4 da quantidade de molho. Prove o sal, junte pimenta do reino branco e nós moscada, se gostar. Misture e desligue o fogo antes do creme tornar a ferver.

Forre o fundo de uma travessa refratária com o molho. Disponha uma camada dos raviólis, torne a cobrir com o molho de aspargos e repita até terminar a camada de cima com o molho.

Se quiser sofisticar, limpe e tempere os camarões. Depois de 15 a 30 minutos, proceda à fritura, no fogo forte, dos camarões, na manteiga ou no azeite. Agora veja como flambar os camarões. Pronto, pode colocá-los sobre a última camada de molho e levar a travessa ao forno um pouco antes de servir.

Sal com AlhoQuer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

 

Bacalhau à Brás

Standard

Sal com AlhoEsta receita é uma das mais tradicionais da cozinha portuguesa, que a minha família ama. Apesar de ter 7/8 de ascendência lusa, esta maneira de preparar o bacalhau não me foi passada pelas avós. Aprendi a fazer este prato em Lisboa,  há mais de vinte anos, quando fui ouvir um fado no Bairro Alto, onde a receita  foi criada por um tal de Braz. Serviram o bacalhau da casa, delicioso. Fiquei encantada! Na maior cara de pau pedi para aprender a fazer a receita. Pois não é que fui mesmo para a cozinha ajudar a preparar os pedidos?

Tem vantagens: é o bacalhau mais fácil e rápido de preparar, rende muito e sai barato, então dá pra fazer pra muita gente!

Sal com Alho

Esta receita é para 6 pessoas, então convide seus amigos!

Primeiro: veja em Dicas – bacalhau sobre a compra e o pré-preparo do bacalhau salgado.  O bacalhau – de 600 a 900 gr. – deve estar dessalgado, aferventado (não é cozido!) e em lascas grossas e compridas.

Prepare a batata palha. Corte de 2 a 3 cebolas grandes em fatias finas. Estes 3 ingredientes – bacalhau, batata palha e cebola – entram na receita em partes iguais. Separe ½ xícara de azeite, 4 dentes de alho e 4 ovos. Pique cebolinha verde na medida de ½ xícara.

Se tiver uma panela tipo wok, maravilha, porque é  mais fácil de não agarrar.

Despeje o azeite na panela. Frite a cebola até ficar amarelinha. Jogue o alho picado no fundo e deixe que frite. Acrescente o bacalhau e mexa com uma espátula. Junte metade da batata e misture tudo. Agora bata os ovos em uma vasilha funda, acrescente sal e pimenta do reino como se fosse temperar só o ovo. Jogue o ovo misturado na panela de modo que cubra toda a superfície. Vá mexendo com delicadeza até perceber que o ovo ficou  amarelo. Junte o restante da batata e misture. Prove o sal e a pimenta. O ponto do sal é o mínimo para que a mistura perca o sabor adocicado que a cebola dá. Por último, espalhe a cebolinha picada. Leve azeite, sal e pimenta do reino à mesa para que cada um tempere como quiser. Sirva acompanhado de arroz branco.

Quer esta receita impressa? Clique aqui.