Goulash húngaro

Standard

No fundo, a culinária de diferentes países cada vez se torna mais semelhante, por uma razão óbvia- comemos carnes de animais que domesticamos, verduras, legumes e frutas que variam conforme o solo e o clima mas que hoje encontramos em locais muito distantes de sua origem, inclusive à nossa disposição no supermercado da esquina. O melhor exemplo que lembro é o da batata, originária do Peru, mas que até o final do século 18 era pouco conhecida e consumida no resto do mundo. Esta receita, de nome e origem húngara, é uma carne cozida em molho de tomate e pimentão. Fica deliciosa se feita como deve ser – com os ingredientes certos e com tempo e paciência para deixar a carne bem cozida.

Goulash

Para 2 pessoas compre 300 a 400 gr. de carne para cozinhar, que pode ser patinho, chã ou miolo de alcatra. Limpe e corte em cubos de 3×3 cm. Para temperá-la vai precisar de sal com alho, cebola batidinha e páprica. Este último é o tempero que dá sabor ao prato, pode usar ½ colherinha de café rasa para esta quantidade de carne. Se tiver vinho tinto aberto, pode por também. Misture o tempero (1 colher de café cheia é suficiente) e passe na carne. Reserve por ½ hora.

É importante ter 1 litro de caldo de carne já pronto, se não tiver, prepare-o com as aparas de carne.

Corte 1 tomate maduro sem as sementes em cubos, 1 cebola branca em quatro e ½ pimentão vermelho em tiras largas de 3×2 cm, de modo a obter ½ xícara de chá de cada. Separe um raminho de salsinha e 2 talos de cebolinha verde.

Para cozinhar mais rápido, use a panela de pressão. Na própria panela, bem aquecida, doure bem a carne em um pouco de óleo até que fique preta. Isto mesmo, preta. Acrescente o caldo de carne de modo que cubra a carne completamente. Coloque na pressão e deixe cozinhar até ficar macia. O tempo de cozimento vai depender do fogão e o tipo de carne, mas pode considerar em torno de 40 minutos a uma hora. Estando a carne já macia, coloque a cebola, o tomate, o pimentão e o cheiro verde. Agora deixe cozinhar fora da pressão, até que a carne fique desmanchando de tão macia. Não deixe que o caldo seque, vá pingando água quente até que fique pronto. Deixe com bastante caldo, como se fosse uma sopa de carne. Prove o sal e acrescente pimenta do reino, se gostar. Tradicionalmente é acompanhado por pão tipo francês.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s