Dica – Frango básico refogado

Standard

Saber fazer um frango refogado ( este é o nome tradicional em Minas Gerais) é fundamental para que você possa fazer praticamente todas as receitas com esta carne de ave, que é a mais consumida no mundo.

Corte: consideramos aqui os cortes de frango mais comuns – peito de frango, coxa e sobrecoxa. Limpe o frango, tirando a pele e deixando só as gorduras amareladas e consistentes. No caso do peito, corte-o pela parte de baixo onde pode ver a junção dos ossos, tirando primeiro a ponta triangular. Agora corte a parte superior em duas, passando a faca paralela ao osso central. Veja a foto. No caso da coxa, esta costuma vir junto com a sobrecoxa; desencaixe  a parte mais fina e corte logo acima da junta.

Pré-preparo:  em uma bacia de plástico ou travessa de vidro, coloque o frango e jogue água fervente. Se estiver viscoso, deixe de molho na água quente com vinagre por 5 minutos e depois enxague bem. Seque e tempere com sal e alho. Uma colher de sobremesa rasa deve ser suficiente para espalhar o tempero igualmente por toda a superfície de 1 peito grande ou 2 coxas. Se gostar de pimenta, pode colocar pimenta do reino em pó no tempero. Se possível, deixe na vasilha pegando tempero por ½ hora ou mais, pois assim ficará mais saboroso. Pode temperar antes ou de véspera e deixar na geladeira, tampado com filtro plástico.

Preparo no fogão: coloque água para ferver. Em outra panela, esquente uma colher de óleo ( pode ser manteiga) e frite o frango, mexendo para um lado e outro até que fique bem coradinho. Acrescente cebola ralada e frite. Assim que corar, baixe o fogo e despeje um pouco de água quente no fundo.  Esfregue com a espátula para que a borra do fundo se incorpore ao líquido, formando o primeiro caldo. Agora despeje água fervente no canto da panela. Por favor, não é em cima do frango, ele não precisa tomar outro banho. Se você jogar água em cima do pobre coitado vai tirar todo o sabor! De água fria então…lembre-se que o frango tem horror! A água deve ser pingada aos poucos, até que a carne fique macia – teste com um garfo. Entre uma e outra pingada, pode tampar a panela para agilizar o cozimento. Deixe um tanto bom de caldo; frango seco todo mundo detesta. Agora o seu franguinho básico, tenro e saboroso, está pronto.

Se não for preparar outra receita, é só salpicar cheiro verde e servir!

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

2 thoughts on “Dica – Frango básico refogado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s