Salada Caprese – o par perfeito

Standard

Nascidos um para o outro: o tomate e a muçarela. Reza a lenda que, no Monte Solaro, na ilha de Capri, no sul da Itália, vivia uma cabra que tinha a mania de comer tomates e manjericão da horta de uma cantina. Como a cabra dava muito leite, a dona da cantina fazia queijo muçarela com o excedente do leite. Um dia, sem ter o que servir a um viajante que chegou de repente, buscou um tomate e um raminho de manjericão na horta. Cortou o tomate e a muçarela em fatias e com o manjericão picado, azeite e um pouquinho de sal marinho fez um pesto (molho). O cliente disse que nunca tinha comido uma salada tão fresca e tão deliciosa! Daí, batizou a salada de Caprese e fez a maior propaganda. Por causa desta salada, a cantina  tornou-se um restaurante famoso.

Gosto de fazer esta salada com tomate maçã  cortado bem fino e muçarela de búfala – que é a que temos fresca no Brasil – cortada em fatias. Misturo manjericão fresco picadinho com azeite e um pouco de sal e coloco sobre os tomates e a muçarela já dispostos no prato. Pode acompanhar com salada de folhas.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Bruschetta al pomodoro

Standard

Sal com Alho

Aprendi com amigos na Itália a fazer este canapé que prima pela simplicidade, tanto na receita como no sabor genuíno. Com os italianos tenho aprendido que não precisa complicar nem usar muitos ingredientes para se fazer uma boa comida – o importante é que os ingredientes sejam excelentes.

Sempre temos em casa uma baguete ( pão de sal de formato fino e comprido) dormida (chamamos assim quando foi comprada no dia anterior e passou a noite “dormindo”), azeite, sal e alho. O melhor tomate para a brusquetta é o italiano, aquele em formato de ovo, bem vermelho e maduro. O manjericão você pode colher da sua hortinha, é muito fácil de cultivar até em um vasinho na janela.

Corte o pão em fatias de 1 a 1,5 cm de espessura. Um dica para as fatias de pão ficarem maiores é cortar a baguete na transversal. Se o pão ainda estiver macio, leve as fatias ao forno para que fiquem mais firmes, sem deixar corar.  Enquanto isto, corte os tomates em cubinhos pequenos e pique as folhinhas do manjericão. Numa frigideira, passe um fio de azeite, dê uma mexida rápida nos tomates, acrescente o sal e o manjericão; dê uma revirada e assim que os tomates ameaçarem se desfazer já está pronto. Se os tomates estiverem bem firmes e bem vermelhos, nem precisa ir ao fogo. Tire o pão do forno, disponha as fatias no prato que vai servir. Esfregue um dente de alho sobre cada fatia de pão. Em seguida, com uma colherzinha, coloque os tomates, ainda quentes, sobre as fatias de pão. Simples assim! Sirva  imediatamente. Se quiser deixar pré-preparado, é só dar uma esquentadinha no forno antes de servir.

Quer esta receita impressa? Clique aqui.

Molho de tomates

Standard

Este molho é o maior quebra-galho que você pode ter na cozinha. Serve como base para muitas receitas, é o próprio molho  para um spaguetti al sugo, pode fazer um Bloody Mary fantástico e até uma deliciosa sopa creme de tomates.

O segredo são os tomates, que devem ser do tipo italiano e estarem absolutamente maduros. Para 10 tomates, junte uma cebola grande, ½ xícara de café de azeite, 3 dentes de alho, ½ xícara de café de ervas frescas: salsinha, cebolinha e manjericão. Não ponha sal nem açúcar.

Em uma panela grande, refogue tudo no azeite. Coloque água quente até tampar a mistura e deixe cozinhar no fogo baixo. Se o molho começar a secar, vá pingando água, sempre fervendo, até que os tomates fiquem cozidos. Espere esfriar e bata tudo no liquidificador.

Ponha no congelador em pequenos potes de plástico e vá passando para a geladeira à medida do uso.

O molho não tem tempero porque se você adicioná-lo a uma receita que já está temperada pode ficar muito salgado e lembre-se que sal e/ou tempero demais não tem jeito de tirar!

Quer esta receita impressa? Clique aqui.

Uma pasta leve depois da academia

Standard

Spaghetti Primavera

Tem noites que a gente chega da academia varada de fome e quer comer algo rápido de preparar, leve e saudável. Pois vai aí uma receitinha maneira, conhecida internacionalmente por este nome:

Spaghetti Primavera

Dica: a quantidade de massa por pessoa varia entre 60 (se for o primeiro prato) e 100 gr. (se for prato único).

Segue a receita para 2 pessoas, baseada em 200 gr. de massa:

Separe: uma panela grande para cozinhar a massa, um escorredor de massa, uma panela rasa, uma colher grande, um garfão.

Spaghetti, 2 a 4 bolotas de muçarela de búfala, meia cebola média, uma xícara de chá de tomatinhos cereja cortados ao meio, uma colher de sobremesa rasa de manjericão picadinho, uma colher de sopa de azeite.

1. Coloque para ferver uma panela ¾ cheia de água.  Assim que a água começar a ferver, despeje uma mão cheia de sal. Misture. Depois, com a água já fervendo, despeje a massa de modo que forme um leque em torno da panela.

2. Na panela rasa, esquente levemente o azeite e frite a cebola até ficar amarelada. Acrescente os tomatinhos e mexa com cuidado até que a pele dos tomates comece a enrugar. Salpique o sal.

3. Observe o ponto da massa: deve estar cortando com o garfo ou, à boca, ao dente ( dá para comer mas ainda está um pouquinho dura) . Neste ponto, acrescente o manjericão picadinho e a muçarela cortada um cubos grandes na panela rasa. Conte até cinco mexendo com cuidado e então desligue o fogo.

4. Escorra bem a massa e despeje-a na panela rasa. Misture tudo rapidamente e sirva quente.

Dica: se o molho ficar pronto antes da massa, interrompa o procedimento e continue quando a massa estiver no ponto certo. Se for o contrário, isto é, a massa está cozida e o molho ainda não está pronto, escorra a massa e dê um banho rápido de água fria, no próprio escorredor, para interromper o cozimento.

Quer esta receita impressa? Clique aqui.