Salmão com risotto siciliano

Standard

Havia algum tempo que eu andava afastada do salmão, sem nenhuma vontade de comer este peixe das águas frias do litoral do Pacífico, hoje de consumo tão popular no nosso país. Das últimas vezes que pedi salmão em restaurantes aqui no Brasil, o sabor não me agradou e já estava quase concordando com os argumentos de certas pessoas que detestam salmão. Mas resolvi ensinar a preparar salmão em uma das minhas aulas de culinária e aí o compromisso de fazê-lo bem feito ficou sério. Fui então ao Mercado Central e lá comprei um peixe inteiro bem bonito, com cara de fresco ( bem, na verdade, descongelado, pois moro em Belo Horizonte, a quilômetros de um mar ou rio de água fria). Na aula, preparei um Salmão à Belle Meunière ( para ver a receita neste blog clique aqui) com 2/3 do peixe.  As alunas adoraram! Guardei o restante para fazer no domingo para a família. Fiz um salmão assado ao mel e mostarda acompanhado de risotto ao limão siciliano. Ficou delicioso, merecendo ser colocado nesta seção Gourmet, embora o preparo seja bastante fácil. Mesmo que você não tenha muita experiência em cozinha, pode arriscar-se a prepará-lo para os seus convidados, pois estou certa de que fará sucesso!

Salmão crocante ao mel e mostarda

Preparo do peixe:

Compre, de véspera, um peixe inteiro e peça para limpá-lo bem, raspando a pele e cortando-o ao meio no sentido horizontal, retirando a espinha. Pode deixar a cabeça e a ponta do rabo na peixaria e levar para casa o peixe já aberto. Prepare, em uma bacia, uma salmoura, usando, para cada quilo de peixe, 1 colher de sobremesa de sal, suco de 1/4 de limão siciliano, 1 colher de sobremesa de vinagre de vinho branco e 1 xícara de café de espumante rosé (pode ser vinho branco, se não tiver). Passe o peixe pelo lado da pele na salmoura e depois assente-o, pelo lado da carne, sobre a salmoura. Tampe a bacia com um plástico grosso e leve-o à geladeira de um dia para o outro.

Meia hora antes de servir o almoço ou jantar, ligue o forno a 250 graus. Unte uma assadeira com óleo e coloque o peixe com a pele para baixo. Leve ao forno até que o peixe fique corado ( dependendo do forno, pode levar de 20 a 30 minutos). Teste com um garfo se a carne está macia. Tire o peixe do forno e coloque-o tampado em um local fechado.

Preparo do molho:

Separe, para cada quilo de peixe, 1 colher de sobremesa de manteiga, a mesma quantidade de mel e uma colher de café de mostarda de Dijon em grãos. Quando o peixe dourar, tome uma frigideira e derreta a manteiga no fogo médio. Junte o mel e depois a mostarda. Misture bem e pincele sobre o peixe ainda quente. Volte ao forno por 3 minutos só para tostar.

DSCN2868

 

Risotto ao limão siciliano

Primeiro, antes de colocar o salmão no forno, prepare um bom caldo de legumes. Ponha para cozinhar em 1,5 lt. de água: 1 cenoura, 2 caules de aipo (ou salsão), 1 cebola, 1 cabeça de alho, 1 buquê de salsa e cebolinha, 1 xícara de café de repolho cortadinho. Deixe fervendo.

Assim que colocar o salmão no forno, inicie o preparo do arroz.

Para 6 pessoas você irá precisar de: 2 xícaras de chá de arroz carnaroli ou arbóreo, 1/2 xícara de café de azeite, 1 xícara de café de cebola ralada, 1 xícara de chá de espumante brut ( pode ser vinho branco), 1 limão siciliano, 1 colher de café de sal com alho, 1 colher de sobremesa de sal, 100 gr. ou 1 xícara de café de queijo pecorino ralado grosso.

Passe o limão no ralador e reserve as raspinhas.

Tome uma panela média, coloque metade do azeite e frite a cebola até começar a dourar. Frite o sal com alho, acrescente o restante do azeite e depois o arroz. Mexa com uma colher de pau. Quando o arroz mudar de cor (fica translúcido), junte o espumante e deixe que o álcool evapore. A esta altura, coe o caldo de legumes. Acrescente-o ao arroz até cobri-lo. Abaixe o fogo. Mexa, de tanto em tanto, para que não agarre no fundo da panela e vá acrescentando o caldo quente até verificar que o arroz está começando a amolecer. Acrescente então o suco de 1 limão siciliano. Tempere com sal, um pouquinho de pimenta do reino branco e um tico de açafrão. Prove o tempero. Deixe que a água do arroz diminua até que os grãos fiquem de al dente para menos e comecem a formar uma pasta. Neste ponto, ainda com o arroz molhado, jogue o queijo e dê a última misturada.Desligue e tampe a panela. Se não for servir imediatamente, deixe o arroz ainda com algum caldo, que irá secar sozinho. Ao servir, salpique as raspinhas do limão.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Bolo de mel inglês

Standard

Este é um bolo perigosíssimo! Você começa a comer e só para quando não sobra nem um farelinho. E se fizer uma calda ou recheio de chocolate, é caso para camisa de força. Então, siga o meu conselho: chame a família toda ou a turma das amigas para um lanche em casa e só tire o bolo do forno quando já estiverem todos à mesa esperando por ele. Inclusive, você faz bonito desde a chegada dos convidados pois o bolo exala um aroma delicioso quando está quase assado.

Se você está seguindo a dieta das saladas light diariamente, está no seu direito comer boa parte do bolo. Como eu faço e como as saladas no almoço e ainda tenho jantado os caldos das receitas que tem saído no blog, já emagreci dois quilos nas últimas três semanas. Detalhe: não tinha a menor intenção de emagrecer, pois já sou magra. Beleza, agora posso comer todos os bolos!

Bolo de mel inglês

Antes de fazer o bolo, pré-aqueça o forno a 250 graus.

Todas as medidas de xícara são de xícara de chá e todas as medidas de colher, são de colher de café. Prático, não? Assim não dá trabalho para lavar.

Coloque os seguintes ingredientes na batedeira, nesta ordem: 1 xícara de açúcar cristal, 1/3 de xícara de açúcar mascavo e 3 gemas. Misture. Acrescente: ¾ de xícara de óleo, ¾ de xícara de mel, ¾ de xícara de chá preto ou assam bem concentrado, ¼ de xícara de vinho do porto ( ou whisky), ¼ de xícara de suco e laranja natural. Junte os temperos: 3 colherinhas de canela, 1 colherinha de extrato de baunilha, ½ colherinha de cravo em pó, ½ colherinha de noz moscada, 1 colherinha de sal. Bata tudo até obter uma massa uniforme. Acrescente: 3 xícaras de farinha de trigo ( pode sem farinha sem gluten*), 1 colherinha de fermento em pó e outra de bicarbonato. Bata de novo até ficar tudo muito bem misturado. Bata as 3 claras separadamente e depois junte com uma espátula cuidadosamente.

Prepare a forma passando óleo e farinha no fundo e laterais, pois o bolo costuma agarrar. Garantido mesmo é forrar a forma com papel impermeável. Escolha se vai fazer os bolinhos tipo cupcake, se vai colocar na forma retangular ou na forma de bolo com furo no meio.

Asse no forno a 200 graus até que core por cima. Espete um palito, se sair limpo, o bolo está assado. Não deixe corar muito, senão queima no fundo.

Se quiser fazer o bolo de mel recheado, divida a massa em duas partes iguais e asse separado. Sobre o primeiro bolo, espalhe o recheio. Depois do segundo bolo assado, vire a assadeira sobre o primeiro bolo e sacuda até o bolo descer.

Se quiser com cobertura há duas maneiras: ou sobre o bolo de tabuleiro ou faça o bolo com furo no meio, desenforme e coloque a calda por cima.

Sugestão de cobertura ou recheio de chocolate:

1- Coloque o chocolate em pó ( Nestlé, do fradinho) em um caneco ( de ½ a 1 xícara de chá) , despeje leite a conta de formar um caldo grosso, acrescente manteiga ( de 1 a 2 colheres rasas de sobremesa) e leve ao fogo brando até formar uma calda grossa e homogênea.

2- Corte e derreta chocolate meio-amargo no banho-maria e depois junte creme de leite até o ponto de calda grossa.

* a melhor farinha sem gluten é a FSG da Ammina.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Frango macio e suculento

Standard

Há certas receitas que fazemos um belo dia por mero acaso – ou com os ingredientes que achou na sua frente – e ficam tão deliciosas que se tornam prediletas. Quando é fácil de preparar então se torna perfeita! Esta só tem um defeito: como é de forno leva quase duas horas para ficar mesmo especial. Mas…qual o problema? Faça assim: tempere o frango de véspera ou na hora que for em casa almoçar e deixe na geladeira.  Quando chegar em casa ao fim da tarde é só colocar no forno. Aí você vai tomar um banho, ver Tv, cuidar da sua vida e… Oh! o frango já deve estar pronto!

Frango assado com mostarda e mel

Para 2 pessoas, compre 2 coxas. Veja se tem em casa: cebola, mostarda ( pode ser aquela amarela cremosa comum ou a tipo Dijon, que vem com os grãozinhos em uma pasta). Separe cada coxa em duas partes ( coxa e sobre-coxa) e passe na água fervente. Prepare um tempero com sal e alho, cebola batidinha e mostarda. Passe no frango e deixe no tempero por, no mínimo, meia hora. Pré- aqueça o forno a 180 graus. Vai precisar de um pedaço de papel alumínio. Pegue uma assadeira e unte o fundo com 2 fios de óleo. Coloque as coxas, tampe com o papel alumínio e leve ao forno por uma hora e meia a duas. Mantenha um caneco com água quente no fogão, pois caso notar que o frango está secando, não deixe! Pingue água quente. Se for fazer outras coisas, já ponha um pouco de água na assadeira assim que a carne mudar de cor. Quando o frango estiver corado e macio ( espete o garfão para verificar) , retire do forno. Esquente o mel no microondas para que ele fique bem líquido e misture com um pouco de mostarda – aí é melhor você misturar a mostarda Dijon. Espalhe a mistura sobre o frango, vire as peças do lado contrário ao que estava e volte para o forno, sem o papel alumínio, para terminar de corar.

Se quiser fazer um prato único, coloque na assadeira um ou dois destes ingredientes: batata crua cortada em quatro, cebola cortada em quatro ou cebola baby inteira ou tomate maduro cortado em quatro ( sendo que o tomate e a cebola você vai colocar só na última meia hora de cozimento e a batata desde o princípio).

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.