Cordeiro com favas, figos e amêndoas

Standard

No último final de semana, a minha filha mais velha recebeu a irmã blogueira para um jantar ousado: queria reproduzir um prato que havia comido em Istambul, na Turquia.  Não achando a receita em lugar algum, guiou-se pela lembrança do prato e dos truques de sempre para reinventá-la. Soube que ficou divino! Vamos à receita – que me foi passada por minha filha – feita para 4 a 6 pessoas. 

Anote os ingredientes para a marinada, ou seja, o preparo, na véspera, da carne com o tempero: 1 kg de pernil de cordeiro cortado em cubos, sal e pimenta do reino, 2 cebolas médias cortadas em quatro, 2 dentes de alho, o suco de 1 limão siciliano, 1 xícara de chá de azeite, 1 xícara de chá de vinho branco seco e 1 colher de sopa rasa de alecrim fresco. 

Para o preparo da receita:   2 xícaras de chá mal cheias de caldo de carne (feito na véspera com o osso do pernil), 20 unidades de cebolinhas baby, 1 colher de sopa cheia de bacon picado, 2 xícaras de favas brancas já cozidas, 1 colher de sopa de bacon picadinho, 100 gr de figos secos e 50 gr de amêndoas com casca.

Na véspera, separe a carne do osso do pernil, corte-a em cubos e tempere com sal e pimenta do reino. Corte as cebolas, amasse um pouco os dentes de alho e misture-os à carne em um recipiente (gosto de usar a assadeira para a marinada). Deite por cima o suco de limão, o azeite e o vinho e distribua o alecrim de forma igual. Misture e espalhe tudo com as mãos pois a marinada deve envolver toda a carne. Cubra com filtro plástico e deixe na geladeira por, no mínimo, doze horas, virando a carne na metade do tempo para que toda ela absorva o tempero.

Aproveite o osso (e a carne grudada à ele) para fazer um bom caldo de carne. Você vai precisar dele para o  preparo do prato no dia seguinte, mas veja a dica: faça o caldo usando pouca cebola ou restará com gosto demasiado forte para esta receita. Depois de pronto, guarde-o na geladeira. 

Também de véspera deixe as favas de molho. Facilitará o seu cozimento no dia seguinte.

O preparo deve começar pelo menos três horas antes de seus convidados chegarem. Tire a marinada da geladeira e deixe a carne alcançar a temperatura ambiente. Separe-a do tempero e reserve.

Cozinhe as favas na água quente até ficarem ao dente. Retire da panela e reserve ( favas e caldo). Enquanto isso, descasque as cebolas baby e esquente o caldo de carne feito na véspera.

Prepare a carne: aqueça bem uma panela para selar a carne. (Dica: usei um tagine pelas vantagens no cozimento deste tipo de receita, mas você pode fazer a receita em outra panela qualquer – se for de ferro, tanto melhor. Apenas lembre-se que deve ter tampa). Para dourar a carne, deite um pouco de óleo e acrescente os cubos de carne aos poucos, a fim de não dar água. Se necessário, retire os pedaços já corados e reserve-os à parte. Quando terminar, retire toda a carne da panela e reserve. Aproveite a borra da panela para dourar as cebolas baby, acrescentando mais um pouco de óleo. Retire as cebolas já douradas e reserve-as. Volte com a carne toda para a panela. Acrescente o caldo já quente. Tampe a panela com um alumínio e por cima coloque a tampa. Abaixe o fogo. O cozimento da carne se dará, no mínimo, em duas horas.

Faça o ensopado de favas: pique ligeiramente a metade das cebolas já douradas na borra da carne e reserve um dente de alho da marinada. Deite um pouco de óleo em outra panela, esquente-o e frite o bacon e o alho. Em seguida, acrescente as cebolas e junte as favas com o caldo do seu cozimento. Deixe em fogo baixo até que as favas amoleçam e incorporem o caldo. Reserve. 

Junte tudo: na metade do cozimento da carne (cerca de 1 hora depois que abaixou o fogo), misture o ensopado de favas à carne. Acrescente os figos secos e as amêndoas. Cozinhe por mais, no mínimo, uma hora ou até que a carne esteja quase desfiando – tente parti-la com uma colher. Dica: o tempo irá variar de acordo com o seu fogão, a panela usada, etc. – então confira aos poucos se o caldo está secando e neste caso, vá acrescentando água quente, pelas beiradas, até o completo cozimento da carne. 

Quando tudo estiver cozido, desligue o fogo e deixe a panela tampada. Estará perfeito quando for servir aos seus convidados!

Como opções de entradas sugerimos: pão árabe com homus e salada de romã. O homus você já aprendeu como fazer aqui no blog, a salada ensinaremos em breve!

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Laranja com chocolate

Standard

Esta é uma mistura sensacional, tanto que as melhores marcas de chocolate do mundo a têm como destaque. Ganhei uma linda caixa de chocolate da Lindt, com o nome de Orange Intense. Pastilhas de chocolate negro com recheio de laranja e amêndoas lascadas. O aroma! Ai, de arrepiar! Como sempre, fui ler os ingredientes e lá estava o veredito: Lactose! Ou seja, para mim, assunto proibido. Ficou na vontade…

Mentira! Tratei de ir à Alessa, minha sorveteria predileta, comprar aquele sorvete de chocolate puro cacau incrivelmente cremoso que não tem leite! Comprei ainda as lascas de amêndoa e cascas de laranja cristalizadas e vim pra casa fazer o …

Bolo de laranja

Fui logo tirando do armário e separando: 3 xícaras de chá de farinha sem glúten*, (se você não tem alergia a glúten, use farinha de trigo mesmo), 1 xícara de chá de açúcar cristal, ¾ de xícara de chá de óleo, 3 ovos, 4 laranjas pera carioca grandes e bonitas, 1 colher de sobremesa de fermento em pó e as lascas de amêndoas.

Coloquei em cima da bancada: liquidificador, batedeira, espátula e forma de assar bolo.

Pré aqueci o forno a 250 graus. Comecei separando as claras das gemas dos 3 ovos. Bati no liquidificador as gemas, o óleo e o caldo das 4 laranjas. Despejei todo o creme batido no recipiente maior da batedeira, juntei a farinha e o açúcar e bati até ficar bem lisinho. Bati, em separado, no recipiente menor, as claras em neve. Juntei as claras à massa, acrescentei as lâminas de amêndoa (½ xícara de café) e, por último, misturei bem o fermento, de leve. Untei uma assadeira retangular com um tiquinho de óleo e ajeitei a massa. Diminui a temperatura do forno para 200 graus e deixei o bolo assar por 30 minutos.

Enquanto isto, resolvi incrementar e fazer uma calda. Coloquei na frigideira 1 colher de sobremesa cheia de açúcar cristal e esperei derreter até ficar escura. Joguei por cima 1 copo de suco de laranja misturado meia-a-meia com água e fui desfazendo, com uma colher de pau, até conseguir uma calda rala e perfeita. Busquei o Cointreau e coloquei meia tacinha. Misturei e desliguei. Hum, que aroma delicioso! Tirei o bolo do forno e coloquei a calda por cima.

Mal esperei o bolo esfriar e o cortei em quadros. Tirei um, coloquei no prato, adornei com 2 bolas do chocolate e as cascas de laranja. Dois segundos para tirar a foto e me vinguei, com glória, da caixa de chocolates!

* o melhor substituto da farinha de trigo para bolos é o mix de farinha da Aminna que leva farinha de arroz e féculas de milho e de mandioca.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.