Palha italiana x salaminho de chocolate.

Standard

Existem sobremesas com sabor de infância, como brigadeiro, pé de moleque, cajuzinho, cocada, olho de sogra. A gente cresce, passa a frequentar restaurantes e confeitarias sofisticadas na nossa terra e pelo mundo afora. Descobre novos sabores, deslumbra-se com tortas famosas, como, por exemplo, a Torta Sacher de Viena, a preferida de Sissi, a imperatriz. Porém a nossa memória gustativa fala mais alto. Basta chegar em casa e ver um prato de palha italiana que vem um ahhh! incontrolável. Tente resistir, você saliva sem querer. Tente prometer-se que só vai comer depois do almoço de domingo. Perda de tempo, o doce não lhe sai da cabeça.

Dê uma trégua ao seu regime, vá agora lá na cozinha. Em 10 minutos você prepara esta delícia chamada de palha italiana e tenho certeza que passará um dia mais feliz!

Já fiquei curiosa por causa do nome palha italiana. Visitando o Piemonte, ao norte da Itália, descobri na cidade de Alba, um doce maravilhoso – salame di cioccolato – bem parecido como o nosso, o que justifica a origem do nome. Se quiser saber a receita original, achei-a no site da Giallo Zafferano

Em Portugal também existe algo parecido. Chama-se salaminho, porém é feito com amêndoas. É praticamente a mesma base, mas troca-se o biscoito pela amêndoa sem casca e triturada (ou sem palha, como dizem por lá) e faz-se um rolinho igual a salaminho. Coloca-se para esfriar na geladeira, enrolado em papel alumínio, e depois corta-se em fatias. Tal como o brigadeiro, que já se chamou negrinho, a palha italiana surgiu há mais de um século no sul do Brasil, provavelmente nas comunidades mistas de italianos do norte da Itália e portugueses dos Açores. Certamente, desta mescla de culturas, nasceram esta e muitas outras delícias da legítima culinária brasileira.

Palha italiana 

Separe 1 lata ou caixa de leite condensado ( 250 gr.) , 2 colheres de sopa de chocolate Nestlé do fradinho ou Nescau ( ou melhor: ½ xícara de café de chocolate meio-amargo ralado), 1 colher de sopa de manteiga, 1 colher de sopa de creme de leite e 1 pacote de biscoito maizena ( 200 gr.). Eu prefiro usar o biscoito Divertidos.

Misture bem o leite condensado, a manteiga e o chocolate. Leve ao fogo baixo para cozinhar. Misture com colher de pau, continuamente, até começar a soltar da panela. Cuidado para não empelotar e não agarrar no fundo. Misture o creme de leite para dar uma consistência macia. Pique os biscoitos. Misture. Coloque a massa ainda quente sobre uma bancada limpa ou tabuleiro, formando uma camada de 1 cm de espessura. Deixe esfriar. Salpique açúcar refinado. Corte em losangos ou, como dizem os italianos “mal tagliatti”, ou seja, mal cortado, como os da foto acima.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s