Salada com romã e presunto cru

Standard

Quase sempre abrimos a geladeira, selecionamos as verduras e legumes de nosso agrado e montamos a salada. Trabalhei por nove anos no restaurante de um hotel que servia buffet todos os dias para o almoço. A princípio, oferecíamos cerca de 20 variedades para que o cliente montasse sua própria salada. E como as pessoas que lá iam comer muitas das vezes eram as mesmas, reclamavam que todos os dias comiam a mesma salada. Mas eram elas que diariamente escolhiam os mesmos ingredientes! Passei então a montar saladas originais (com os ingredientes de sempre) e essas mesmas pessoas ficaram muito satisfeitas com a variedade. Conclusão: o importante é usar a imaginação para variar os pratos! Hoje sugerimos introduzir frutas e frios na salada. O resultado foi uma salada com paladar rico e frescor, deliciosa! Experimente esta e use sua criatividade para inventar novas saladas a cada dia.

Salada com rúcula, tomate, presunto cru e romã

Aqui vai uma dica genial para tirar com facilidade as sementes da romã:

Corte a romã em quatro partes e coloque dentro de um recipiente com água. Vire a casca ao contrário de modo a abrir a fruta para que as sementes soltem. Deixe dentro d’água para as sementes descerem e irem para o fundo e os pedaços de polpa branca boiarem. Retire e despreze a polpa, escorra a água e terá todas as sementes!

Para a salada: retire as sementes do tomate e corte-o em juliana (lascas finas). Lave e tire os cabinhos das folhas de rúcula, escorra. Monte a salada com as folhas de rúcula por baixo, o tomate entremeado, o presunto em forma de flor ao centro e espalhe as sementes de romã. Tempere a gosto, com azeite, sal e aceto balsâmico, se gostar.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Bife Wellington

Standard

Esta receita inglesa clássica de filé ficou famosa depois que foi escolhida para a prova de eliminação do Masterchef 2015. O desafio era conseguir uma carne rosada por dentro e a massa crocante por fora. A carne precisa estar no ponto certo de cozimento e não pode umedecer a massa folhada que a envolve, sob pena de desmanchá-la. No programa, segundo os jurados, nenhum dos concorrentes conseguiu que saísse perfeita. Pois em nossa última aula de culinária conseguimos fazer a receita certinho e aqui vamos contar o segredinho.

Beef Wellington

Esta receita serve 6 pessoas.

Separe os seguintes ingredientes: 1 peça de filé mignon limpa e aparada com cerca de 20 cm de comprimento (a parte do meio), 2 bandejas de cogumelos Paris ou Portobello, 1 bandeja de presunto serrano espanhol ou presunto de Parma italiano (8 fatias, no mínimo),1 pacote da massa folhada em lâmina da Arosa. Para temperar o filé: sal e pimenta do reino ( como boa brasileira eu uso um pouquinho de sal com alho). Para o preparo da pasta de cogumelos: 1 colher de sopa de azeite, 1 cebola pequena, 1 colher de sopa de manteiga, 1 colher de chá cheia de tomilho, sal com alho, pimenta do reino. Ainda: azeite, manteiga, farinha de trigo, 2 gemas e plástico filme.

Todas as dicas de como preparar esta receita são direcionadas a um único objetivo: não umedecer a massa, que deve estar sequinha e crocante ao final. Além disso o filé deve ser assado de modo a permanecer com seu interior rosado.

Preparo do filé:

O primeiro passo é temperar o filé com sal (com alho) e pimenta do reino. Enrole a peça 3 vezes em papel de plástico filme, apertando bem para que fique roliça. Deixe pegando tempero por 1 hora a hora e meia (fora da geladeira). Não feche o filme nas beiradas para deixar o suco da carne escorrer.

O segundo passo é selar a carne de todos os lados em uma frigideira quente com um pouco de azeite. Se gostar da carne mal passada, passe somente até dourar de todos os lados por igual. Se preferir mais bem passada, sele mais um pouco, deixando-a bem moreninha. Tire do fogo. Em seguida, seque bem a carne com papel toalha e deixe-a na geladeira desembrulhada por, no mínimo, 1 hora (preferencialmente mais – se for fazer para um almoço, deixe passar a noite).

Preparo da pasta de cogumelos:

Poderá ser feita de véspera ou até 2 horas antes do preparo da receita.

Pique os cogumelos e a cebola. Separadamente, ponha cada um em uma frigideira e vá mexendo até que sequem o suco natural, sem deixar que agarrem no fundo. Reserve. Na frigideira limpa, aqueça 1 colher de sopa rasa de manteiga, frite junto 1 colherinha de sal com alho, a cebola e os cogumelos. Tempere com sal e pimenta do reino a gosto. Junte o tomilho. Não acrescente água em hipótese nenhuma. Espere esfriar um pouco e bata no processador no modo pulsar para obter uma pasta grossa. Volte para a panela e cozinhe em fogo alto até começar a querer agarrar no fundo.

A pasta deve ficar bem seca pois sua função é impermeabilizar o filé de modo que o seu suco não molhe a massa na hora do cozimento no forno. Deixe na geladeira de véspera ou por, no mínimo, 1h.

Preparo do embrulho de massa folhada:

1) Passado o tempo de geladeira da carne e da pasta de cogumelos, limpe e seque bem a bancada que irá trabalhar. Abra o plástico filme num tamanho que seja o dobro do suficiente para enrolar o filé, deixando um espaço nas laterais (veja a foto). Coloque as fatias de presunto sobre o filme plástico de modo a ficarem metade superpostas. Por cima, espalhe uma camada bem fina da pasta de cogumelos com a ajuda de uma espátula. Cubra com a outra metade do plástico filme e passe gentilmente os dedos para uniformizar a pasta. Retire o plástico de cima, coloque o filé no centro da peça e enrole-o cuidadosamente. Volte a deixar na geladeira por mais 30 minutos.

2) Esfarinhe a bancada e abra a folha de massa totalmente. Aplique a mistura das gemas com 1 colherinha de água sobre a massa com um pincel. Coloque o filé em um dos cantos para enrolá-lo junto com a massa, de maneira que essa o envolva por completo. Feche as pontas como se embrulha um presente, deixando o excesso de massa para baixo. Pincele por fora com a mistura de gemas e água e deixe na geladeira por mais 30 minutos.

Enquanto isto, aqueça o forno a 200 graus.

Cozimento no forno:

Pincele novamente o filé embrulhado com a mistura de gemas e água e coloque-o sobre uma assadeira levemente esfarinhada para não grudar (nesse momento a manta de silicone ajuda bastante). Faça cortes superficiais na massa, em forma de cruz, para a ventilação do vapor (e decoração também). Asse por 20 minutos ou até que a massa fique corada.

Retire e aguarde 10 minutos para servir.
Parta o filé em fatias grossas com uma faca bem afiada e sirva com risoto de açafrão ou uma simples salada.

Veja como o filé ficou rosado e a massa sequinha e crocante:

DSCN6168Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Filé na massa folhada com presunto, cogumelos e espinafre

Standard

Com a filha blogueira que mora em Bruxelas em visita a Belo Horizonte, tudo é motivo para irmos as três ( ela, a irmã casada e eu) para a cozinha inventarmos novas receitas. Este filé foi preparado por elas – minhas filhas que amam cozinhar tanto ou mais do que eu e estão se tornando experts. Eu fiquei apenas observando de longe e anotando para depois escrever para vocês a receita. Servido à mesa, o filé foi um sucesso que agradou em cheio aos nossos convidados. Parabéns, filhinhas!

Para 6 pessoas calcule de 900 gr. a 1,2 kg de filé – compre um filé inteiro e corte a parte do meio, deixando as pontas para outros preparos. Compre um pacote de massa folhada congelada laminada da Arosa. Separe 8 fatias de presunto cru, 1 molho de espinafre, de 8 a 10 cogumelos de paris frescos, 1 cebola média e temperos: sal, alho, pimenta do reino, folhas de louro e vinho tinto.

Tempere o filé com sal, alho, pimenta do reino, vinho tinto e folhas de louro – de hora e meia a três horas antes de começar o preparo desta receita. Lave as folhas do espinafre, coloque-as numa panelinha com um pouco de água. Assim que a água ferver, desligue e tampe a panela. Estando as folhas macias, retire e escorra a água. Corte os cogumelos em fatias e a cebola em cubinhos. Tome uma frigideira, esquente um fio de azeite, doure a cebola, passe os cogumelos, tempere com sal e deixe esfriando.

Tome um pedaço de filtro de PVC e disponha as fatias de presunto cru. Por cima, espalhe o espinafre e depois a mistura de cebola com cogumelos.

Na mesma frigideira, coloque mais um pouco de azeite. Retire o filé do tempero e guarde a salmoura para fazer o molho. Deixe o azeite ficar bem quente e sele o filé, ou seja, deixe-o corar de um lado e depois do outro. Retire e reserve. Guarde a frigideira com a borra que sobrou para fazer o molho. Assim que  carne amornar, coloque-a sobre a “cama” do recheio. Puxando a ponta do plástico, faça um rolo com o filé dentro do recheio. Aperte bem. Deixe no freezer por 30 minutos para firmar e depois tire o plástico.

Pré-aqueça o forno a 220 graus. Coloque a folha de massa folhada sobre um filme PVC e abra-a ligeiramente com um rolo para que caiba o filé. Coloque-o (já firme envolto na capa de presunto) no meio da massa aberta, tirando o plástico. Feche uma parte sobre a outra e dobre as beiradas, cortando fora o excesso de massa. Use filtro PVC para ajudar a enrolar e fechar o filé. Retire o plástico e pincele o rolo de massa com ovo batido. Pincele uma assadeira com manteiga. Disponha o filé no centro da assadeira e leve ao forno para assar por cerca de 30 minutos. Vigie para a massa corar e não deixe queimar.

Sirva o filé com molho de vinho. Postaremos a receita em 2 dias.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo. Obs: no PDF tem a receita do molho de vinho que é servido com este filé.

DSCN4929