Lombo de porco com damasco e especiarias

Standard

Outro dia minha filha casada, que mora em Belo Horizonte, prometeu à alguns amigos uma receita exclusiva para um almoço especial. Como sempre está muito ocupada, deixou as compras para a véspera e precisava de alguma preparação simples, porém original e deliciosa. Com saudade do sabor da receita com especiarias que fizemos outro dia –  cordeiro no tagine – ela resolveu testar uma receita nova de lombo de porco. Como toda vez que inventamos uma receita nesta família, nos reunimos para a festa!

Ingredientes: 1,5 kg de lombo,  3 cebolas, 100 gr. de bacon, 10 damascos, 6 colheres de sopa de azeite de oliva e o seguinte temperinho especial: 1/2 colher de café de gengibre em pó, 1/2 colher de café de coentro, 1 colher de café de salsinha picadinha, 1 colher de café de açafrão, 1 colher de sopa de canela e 2 colheres de sopa de açúcar refinado. Misture tudo com capricho até formar uma massa homogênea.

Tempere a carne de porco de véspera, com uma mistura de sal com alho e pimenta-do-reino. Para 1,5 kg de carne, basta uma 1 colher de sopa. Fure o lombo com um garfo para o tempero entranhar. Coloque o lombo em um saco plástico e despeje dentro 1 xícara de café de vinho branco (melhor ainda se for rosé), para que o tempero se distribua de forma uniforme. Feche o saco bem apertado e deixe-o na geladeira.

Vamos começar o preparo. Antes de tudo aqueça um caneco de água. Água fria estraga qualquer receita. Corte o lombo de porco, na transversal, em fatias de 1 dedo de espessura e depois cada fatia em tirinhas de 1 dedo. Corte as cebolas em oito partes cada e o bacon em fatias grossas.

Como na receita do cordeiro, usamos a panela que tem o nome de  tagine. Se tiver oportunidade, compre um pra você – costuma ter em lojas de produtos para casa e cozinha em países onde há população árabe ou muçulmana. Nem precisa ser na África ou no Oriente Médio. Em Bruxelas, por exemplo, é fácil de achar, tem até na Ikea, aquela super loja com preços ótimos. A vantagem é que o tempo de cozimento é reduzido, como em uma panela de pressão, com a diferença que acentua o sabor dos alimentos e conserva todas as propriedades naturais. Para receitas com especiarias então é uma maravilha, recomendo!

No prato fundo do tagine ou em uma panela de fundo grosso, deite metade do azeite e frite a metade do bacon. Acrescente a cebola toda e quando esta estiver quase translúcida e dando água, misture o tempero. Veja na foto que o tempero deve colorir a cebola de forma uniforme. Se estiver sem caldo, acrescente água quente pelas beiradas. 

Em uma frigideira, frite o restante do bacon e sele a carne ( doure até mudar de cor) Quando estiver corada, misture a carne à cebola no tagine, tampe a panela e deixe em fogo baixo até que fique macia. No tagine leva cerca de 20 minutos para cozinhar, em uma panela normal, pelo menos 40. Quando estiver quase pronta, junte os damascos e misture. Retire os pedaços de bacon que estiverem inteiros e deixe os damascos amolecerem.

Sirva com arroz branco.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.