Coq au vin – um toque francês

Standard

Para esta receita, o frango pode ser inteiro, como na receita tradicional francesa ou então, o corte do frango pode ser o de sua escolha, usualmente, peito ou coxa e sobrecoxa; de preferência, com osso, sem pele e com alguma gordura (quanto mais amarelinha, melhor). Qualquer receita feita com o corte de frango com osso e alguma gordura fica mais saborosa, pois, no cozimento, o osso dá sabor à carne e a gordura deixa a carne tenra. Se só tiver peito desossado, pode usar,  cortando-o em cubos maiores ( porém, sem osso, a carne tende a ficar seca e borrachuda).Hoje, vamos eleger a coxa e sobrecoxa.

Separe um recipiente para deixar o frango no tempero, uma caneco para ferver água, uma panela comum com tampa e uma colher grande.

Para a receita: 4 partes de frango, considerando 2 pedaços por pessoa; óleo, sal com alho, ½ xícara de cebola picadinha, 2 colheres de sopa cheias de bacon picadinho, ½ xícara de chá de vinho tinto e uma colher de sobremesa de farinha de trigo.

Tire a pele do frango e o excesso de gordura. Coloque água morna e um pouco de vinagre em um recipiente e passe o frango no líquido. Retire, enxágue e escorra. Tempere com sal e alho, a conta de espalhar uma fina camada em volta de toda a carne. Deixe no tempero por ½  hora ou mais. Enquanto isto, pique a cebola e o bacon. Torre a farinha de trigo até que fique bege por igual.

No fogo forte, aqueça um fio de óleo em uma panela e frite o bacon. Assim que estiver começando a pipocar, coloque os pedaços do frango. Frite de todos os lados e em seguida, coloque a cebola picada. Continue dourando até que a borra do fundo comece a secar. Aí coloque o vinho. Começando a secar de novo, despeje água fervente na panela, fora do frango, até cobrir metade do frango. Baixe o fogo e tampe a panela. Continue pingando água quente até que o frango fique macio – deve levar uns 20 minutos no cozimento (para esta quantidade de frango). Não deixe que o caldo seque; ao contrário, deve permanecer pelo menos cerca de um dedo de caldo no fundo da panela.Quando espetar um garfo e verificar que o frango já está macio, coloque uma parte do caldo numa xícara até a metade e dissolva uma colher de sobremesa mal cheia da farinha de trigo já torrada. Junte ao caldo da panela. Misture bem até que o caldo comece a ferver. Seu delicioso coqauvin está pronto!

Sirva com purê de batatas ou mandioquinha (também chamada de baroa) e/ou arroz.  Para o purê de mandioquinha, siga a receita do purê de batata porém, substitua 1/3 da batata pela mandioquinha. Servindo empratado, dê um toque de frescor com ameixa ( ou outra fruta vermelha) e aromatize com um raminho de hortelã. 

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimí-lo. 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s