Pernil de porco assado

Standard

Em Minas Gerais, em ceia ou almoço de Natal não pode faltar pernil de porco ou leitoa. Como leitoa é difícil de conseguir e tem gente da novíssima geração que não come porque tem muita gordura, é melhor fazer um pernil pois é unanimidade: todo mundo adora. Na minha família quem faz o pernil todo ano é a minha mãe, para o almoço do dia 25. Mas eu sei a receita de cor e salteado pois acompanho o processo desde pequena. Conto pra você o segredinho de família do tempero!

Pernil de porco assado

Com antecedência, peça ao açougueiro para reservar um pernil para a véspera do dia em que pretende assá-lo. Um bom pernil pesa entre 6 e 8 quilos, então dá para umas vinte pessoas comerem, com folga. Quando for buscá-lo, peça para cortar a ponta do osso para poder caber em um forno caseiro. Pese o pernil sem o osso.

Tempero: para cada quilo de pernil, separe: 1 colher de chá de sal triturada no pilão com 1 dente de alho, 1/2 cebola triturada, 2 folhas de louro picadinhas, 1 colher de sobremesa de molho inglês, 1/2 copo de vinho rosé e 1/2 copo de suco de limão capeta maduro (aquele que tem a casca da cor de cenoura e rugosa) e 1/2 colher de café suco de pimenta malagueta.

Fure o pernil todo com um trinchante (aquele garfão com 2 dentes). Esfregue o sal com alho nele todo. Misture todos os outros temperos e mais 1/2 copo de água.

Coloque o pernil inteiro dentro de um saco grande de plástico grosso e entorne o tempero. Vire de um lado e outro para que todo o pernil fique banhado com o tempero. Feche o saco, coloque-o deitado em uma assadeira e deixe-o imerso nesta salmoura, dentro da geladeira, por 24 horas (ou pouco mais). Na metade deste tempo, vire o saco do lado contrário.

Passado esse tempo, pré-aqueça o forno a 300 graus. Tire o pernil do saco, retire as folhas de louro e o excesso de tempero e despeje a salmoura em um caneco. Unte uma assadeira bem grande e funda com óleo e coloque o pernil no meio. Asse por aproximadamente 1 hora ou até observar que o pernil mudou para cor de carne cozida. Vire-o do outro lado e deixe mais 1 hora. Então abaixe a temperatura para 250 graus e deixe assar por aproximadamente mais 4 horas, regando a cada hora com o caldo que ficou no caneco. No meio do tempo, vire o pernil outra vez. Se começar a querer dar crosta por cima, cubra com papel alumínio. Quando espetar um garfo e verificar que a carne está macia, pode retirar do forno.

Adorne o pernil com rodelas de abacaxi frito na manteiga com um pouco de açúcar para dar um tom dourado. Junte cerejas e ameixas pretas para dar um colorido.

Se quiser fatiar, faça-o com o pernil morno e é mais fácil usar uma faca elétrica. Corte contornando o osso.

 

Provincia di Salerno 2

Standard

Hoje vou mostrar – e fazer inveja a vocês – os pratos deliciosos do buffet de aniversário de Remo Peluso, proprietário e chef do conhecido restaurante Provincia di Salerno. Neste dia especial, o chef Peluso prepara receitas tradicionais de sua família, bem diferentes do cardápio do restaurante, algumas destas muito requisitadas nos banquetes de festas que o restaurante prepara sob encomenda.

O restaurante, cujo cardápio* é inspirado na típica cozinha da região do Ciliento, onde estão Sicili e Pisciotta, terras de origem da família Peluso, tem um variado e convidativo menu à la carte. Porém, no dia da festa, é impossível servir a mais de cem pessoas ao mesmo tempo! Diga-se, é uma festa para os nossos olhos e paladar apreciar a beleza e a delícia do buffet, ornamentado com frutas, legumes e flores. Vejam as fotos, cada uma tem sua própria legenda. Clique na foto para ampliá-la.

 

Buffet de frios, saladas e tortas

 

Buffet de pratos quentes

 

Algumas das sobremesas

Faltaram as tortas de chocolate e de nozes. Distrai-me conversando e, quando vi, já haviam comido a metade! Depois consigo as receitas e vamos fazê-las para vocês!

 

O cardápio especial da festa:

DSCN3069

 

* Quer conhecer o cardápio do restaurante Provincia di Salerno? Clique aqui.