Pavê de maçãs

Standard

Esta é uma sobremesa tão fácil de fazer que se tiver criança na sua casa deixe por conta dela (dependendo da idade, colabore cortando as maçãs e ficando por conta do forno). Este pavê é feito com maçãs mas estas podem ser substituidas por outros ingredientes – como por um creme feito com chocolate derretido (ou nutella) e creme de leite, ou um creme de ameixas, ou pêssegos em calda escorridos, ou côco ralado, ou geleia de morangos. Prefiro com maçãs ou com bananas cortadas em fatias finas pois com estes outros ingredientes fica muito doce.

Pavê de maçãs

Compre 1 pacote de biscoito champagne ou tipo inglês, 1 lata de doce de leite e de 3 a 4 maçãs. Se o doce de leite for muito pastoso ou muito doce, pode misturá-lo com leite e um pouquinho de maisena e levar ao fogo até começar a soltar da panela. O importante é que fique saboroso e com a consistência firme.

Coloque leite em um prato fundo e molhe os biscoitos lentamente de um lado e de outro ( não mais que 1 minuto). Forre o fundo de uma travessa refratária com os biscoitos amolecidos. Espalhe por cima metade do doce de leite. Agora descasque as maçãs. Vá cortando as fatias e espalhando-as por cima do doce. Coloque outra camada de biscoitos, outra de doce de leite e finalize com a camada de maçãs. Polvilhe açúcar e canela.

Ligue o forno a 180 graus e assim que estiver aquecido coloque a travessa na prateleira de cima ( se tiver grill, melhor ainda) a fim de corar as maçãs.

Depois que esfriar, coloque o pavê na geladeira até a hora de servir.

No inverno, é muito gostoso servi-lo ainda quente com sorvete de creme.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Torta de banana – 2 opções fáceis de fazer

Standard

Torta de banana tem gosto de infância. Não há quem não conheça e goste desta sobremesa com jeito de Brasil, feita a partir do tradicionalíssimo doce de banana. Também não há cozinheira que não o faça, pois há sempre alguma banana madura precisando ser aproveitada. Pode-se fazer com banana prata, que é a mais comum no Sudeste, com a bananinha ouro, com a banana da terra, com a caturra…cada região do país tem a sua banana. Uma torta de banana geralmente tem 3 ou 4 camadas: uma de doce de banana, outra de creme de gemas e outra de suspiro ou merengue, tendo ainda a opção de acrescentar biscoito. Para quem nunca fez este doce tão popular, aqui vai a receita:

Doce de banana

Corte 6 bananas médias ( prata) em rodelas da espessura de 1 dedo. Reserve. Faça uma calda caramelada: coloque 3 colheres de sobremesa de açúcar cristal em uma frigideira. À parte, tenha água fervendo. Mexa o acúcar com uma colher de pau até formar uma calda grossa da cor de caramelo. Despeje a água quente aos poucos, aproximadamente 3 xícaras de chá de água. Continue mexendo até que a crosta que se formou dissolva por completo.Se precisar coloque mais água até conseguir o ponto de uma calda bem rala. Junte as bananas cortadas, abaixe o fogo, tampe a panela e deixe que cozinhem até ficarem macias. Deixe o doce esfriar.

Creme de gemas para a torta

Para cada 6 bananas vai: 3 gemas ( guarde a clara), 3 colheres de chá rasas de açúcar, 1 colher de chá de manteiga, 1 1/2 xícara de chá de leite, 1 lata ou caixa de leite condensado,1 colher de chá cheia de amido de milho ou maizena, 3 gotas de baunilha. Bata as gemas, o açúcar, a manteiga, o leite e o leite condensado, no liquidificador. Pingue o extrato de baunilha. Leve ao fogo até começar a ferver. Dissolva a maizena  em 1 xícara de café de água e acrescente. Abaixe o fogo e mexa, com a colher de pau, até começar a fazer bolhas. O creme deve ter uma consistência média. Deixe esfriar.

1a. opção: Torta de banana com suspiro

Bata as 3 claras em neve na batedeira e junte 3 colheres de sobremesa de açúcar refinado ( ou o cristal batido no processador ou liquidificador). Continue batendo até dar ponto de suspiro, ou seja, se passar uma colher e retirá-la, o creme formará um “cabinho” vertical que se manterá sem cair para o lado. Monte a torta colocando a 1a. camada de doce de banana, a 2a. de creme de gemas e a última de suspiros. Faça os suspiros usando como medida uma colher de chá. Veja a foto. Leve ao forno pré aquecido a 80 graus só a conta do suspiro ficar rosado. Retire do forno e deixe a torta esfriar em algum canto protegido de corrente de ar. Depois de fria, leve à geladeira para resfriar.

2a. opção: Torta de banana com biscoito champagne

Esta opção não vai ao forno, portanto, é mais fácil de ser feita. Também é menos doce. Passe os biscoitos champagne no leite até que comecem a amolecer. Forre o fundo da travessa. Coloque o doce de banana e depois o creme de gemas. Bata as 3 claras em neve e junte apenas 1 colher de chá de açúcar. Torne a bater.  Junte uma caixa de creme de leite – sem soro – e misture com cuidado para obter uma mistura homogênea, sem deixar o volume diminuir. Finalize a torta com esta última camada e leve à geladeira por 4 horas antes de servir. Enfeite a torta com um fio de calda caramelada ou mel e farofa de amêndoas, nozes ou castanhas.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

 

 

 

 

 

DSCN2842