Bacalhau bem brasileiro

Standard

Fazendo as contas, o bacalhau pescado nos mares do Norte europeu e salgado nas costas de Portugal tem 516 anos de Brasil, pois certamente Pedro Álvares Cabral trouxe este saudável alimento a bordo das naus que aportaram na Bahia. Passado tanto tempo ainda continuamos a fazer as receitas portuguesas que, pelo menos aqui em Minas Gerais, tem uma razão de ser: nossa descendência direta de portugueses vindos em contínuo fluxo de imigração até as primeiras décadas do século passado. Na atual onda de brasilidade, resolvi inventar uma receita de bacalhau verde e amarelo! Além de bonita ficou deliciosa! Experimente, é muito fácil de fazer.

Bacalhau com abobrinhas

Dessalgue e prepare o bacalhau. Veja a dica aqui. Corte postas altas de 150 a 200 gr. por pessoa. Para cada 2 pessoas separe ½ abobrinha mineira (a verdinha, também chamada de italiana) e ½ abobrinha paulista (aquela que tem a casca rajada de verde e amarelo ouro (veja na foto abaixo). Vai precisar de 1 cebola grande, ½ a 1 talo de alho poró, 2 a 3 dentes de alho, 1 xícara de café de azeite, sal com alho e pimenta do reino.

Primeiro corte ou rale as abobrinhas de modo a formar tiras finas e longas. O ideal é usar um aparelhinho (veja foto) que as corta como spaguetti. Os dois tipos entram na receita em partes iguais. Corte, em partes iguais, a cebola e o alho poró. Pique o alho. Salteie as abobrinhas passando-as rapidamente no azeite temperado com uma pitada de sal com alho. Separadamente, faça o mesmo com a cebola e o alho poró. Reserve.

Pré-aqueça o forno a 250 graus. Esquente azeite em uma frigideira e sele (frite ligeiramente, sem deixar corar) as postas de bacalhau, com cuidado para não se desfazerem. Tome uma travessa refratária e forre-a com as abobrinhas, coloque por cima o bacalhau e cubra com a mistura de cebola e alho poró. Salpique o alho picadinho e regue com azeite. Leve ao forno por cerca de 15 minutos antes de servir.

Dica para montar os pratos em serviço individual: misture arroz branco já pronto com ovos batidos ( 1 ovo pequeno para cada 2 xícaras de chá de arroz), acrescente bastante salsinha e cebolinha picadinhas. Para cada pessoa, tome uma forma de alumínio com aro de 10 cm. ou um ramakin de louça. Pincele com azeite e distribua a pasta de arroz. Amasse bem e leve ao forno junto com o bacalhau. Quando for montar o prato, vire e ajeite a “caminha” de arroz, coloque por cima as abobrinhas ( que devem estar ao dente, ou seja, crocantes), a posta de bacalhau e cubra com a cebola e o alho poró ( que devem estar bem macios, aveludados). Se necessário, regue com um pouco de azeite. Sirva imediatamente.

Não esqueça de acompanhar o prato com um bom vinho verde português ou um   Sauvignon Blanc do Sul do Brasil.

Veja o bacalhau assado antes de servir os pratos:

DSCN6263Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s