Teotihuacán

Standard

Em meio a um extenso vale próximo à Cidade do México estamos certamente mais perto dos deuses. O dia, que começara frio e chuvoso, mostrou-se radiante sob o intenso sol do meio dia a fazer brilhar a cidade sagrada. Do alto das pirâmides uma atmosfera mágica nos envolve, impressionados que ficamos com os relatos de antigas civilizações pré-colombianas que ali festejaram a vida e a morte.

A cidade dos deuses é um dos vestígios mais significativos das antigas civilizações da América Central. O colossal conjunto arquitetônico, onde se destacam a Pirâmide do Sol , a Pirâmide da Lua e o Templo de Quetzalpápalotl é unido pela Calçada dos Mortos, que se estende por quase quatro quilômetros.

Ao fim das escaladas e da longa caminhada, foi-nos oferecido um almoço típico muito interessante. Recebidos por um grupo folclórico que interpretou ritos e danças típicas, deparamo-nos com uma mesa de refeição comemorativa do Dia dos Mortos. Fiquei tão envolvida com a dança, a música e a interessantíssima decoração do buffet que me esqueci de comer! Mas conto o que tinha de mais interessante: tacos com recheios diversos, todos guisados à base de vegetais – cactos e pimentas!

 

À parte, gostei o artesanato local e comprei presentes bem originais para a família toda. Vejam também as bebidas típicas da região- todas extraídas dos cactus – destilado e licor de agave e a famosa tequila.

DSCN2363

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s