Pão australiano

Standard

Almoço de domingo em família – tradição da qual não abro mão. O dia passa preguiçoso, com as mulheres inventando moda na cozinha, os homens apreciando as novas receitas e as crianças fazendo bagunça. Quase sempre o almoço é em minha casa mas domingo passado a filha casada nos convidou para almoçar na casa dela – a desculpa foi a estreia da louça nova comprada em Itaipava, a aconchegante cidadezinha turística no Estado do Rio de Janeiro. Ela sempre prepara alguma surpresa e desta vez foi uma receita feita especialmente para mim. Minha filha sabe que amo pão australiano e testando e modificando receitas conseguiu fazer um pão sem glúten e sem lactose! Servido com patês e chutneys ficou perfeito como aperitivo do almoço.

Pão australiano sem glúten e sem lactose

Anote o que vai gastar: 2 colheres de sopa de mel, 10 g de fermento biológico seco, 100 ml de água morna.

Ingredientes secos:  1 xícara de chá (bem cheia) de farinha de arroz,
3/4 xícara de polvilho doce, 2 colheres de sopa de farinha de linhaça dourada,
1 colher de sobremesa (rasa) de cacau, 1 colher de sopa de açúcar mascavo,
1/2 colher de chá de canela em pó,1 colher de chá de bicarbonato de sódio
e sal a gosto (usei 1/2 colher de chá).

Mais: 2 ovos*, 3 colheres de sopa de óleo de coco, 1 colher de chá de vinagre (maçã ou vinho branco) e 1 colher de chá de essência de baunilha.

Antes de começar, prepare a pré-fermentação em um recipiente à parte: dissolva o mel e o fermento biológico seco na água morna. Reserve e espere que cresça (vai virar uma espuma bem volumosa).

Misture os ingredientes secos em um recipiente grande, tipo bacia. Em outro, bata os ovos com o óleo e o vinagre e acrescente a essência.

Unte uma forma retangular com óleo de coco.

No recipiente que reservou os ingredientes secos, junte os demais: a mistura com os ovos e o líquido da fermentação. Misture até incorporar tudo.

Despeje a mistura na forma já untada e deixe descansar por 20 minutos.

Enquanto isso, pré-aqueça o forno a 180 graus.

Passados os 20 minutos, coloque a forma no forno e asse por 30 minutos.

*caso queira fazer a receita sem ovos, substitua os 2 ovos por uma mistura de 2 colheres de farinha de linhaça dourada e 4 colheres de água. Aguarde até que se forme uma geleia e acrescente aos demais ingredientes (vinagre e essência). Se a consistência da mistura final (já com os secos e a água da pré-fermentação) não estiver líquida o suficiente, acrescente mais uma colher de água.

OBS: este pão fica levemente adocicado. Caso prefira menos doce, diminua o açúcar mascavo da receita para 1 colher de sobremesa.

Quer esta receita impressa? Clique aqui para baixar o PDF e imprimi-lo.

2 thoughts on “Pão australiano

  1. Inês

    Olá! Acabei de fazer o pão e ficou esfarelando, seco demais. O que posso fazer para que fique mais palatável? Não ficou doce, mas tem um aroma excelente. Gostaria de saber também se posso trocar o polvilho doce por araruta (amido extraido da espécie Maranta Arundinacea, a tradicional planta no Brasil) que não é igual à tapioca ou o polvilho. É mais delicada.
    Então, como faço pra comer esse pão que mais parece uma farofa??? Obrigada!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s